PS4: Saiba tudo sobre o console mais popular da Sony

PS4 é a quarto da série Playstation, da Sony. E faz parte da oitava geração de consoles da empresa. Saiba tudo sobre o Playstation 4

O Playstation 4, mais comumente abreviado para PS4, é um console de videogames produzido e patenteado pela Sony Interactive Entertainment. É a quarta parte da série “Playstation”, e faz parte da oitava geração de consoles da empresa.

PlayStation 4
Divulgação/Sony
PlayStation 4

O popular PS4 foi anunciado em 2013, na edição daquele ano do evento conhecido como “Playstation Meeting”. O evento acontece anualmente em Nova York e tem o objetivo de discutir e apresentar ao público o futuro da linha Playstation. Nesse evento, foram revelados detalhes do hardware do novo console e foi levantada uma discussão sobre os novos recursos que seriam apresentados no lançamento.

Também foram mostradas algumas imagens de jogos que, na época, estavam em desenvolvimento para a nova plataforma. Além disso, houve algumas demonstrações técnicas. Na E3 do mesmo ano, 2013, a Sony deu mais informações sofre o console , e também apresentou o aparelho ao público.

Esse foi o primeiro console da Sony legalmente editado e comercializado na China desde o PS2, quando o governo deste país lançou uma proibição ao videogame, que durou cerca de 14 anos. As negociações entre a Sony e os líderes do país foram encerradas em maio de 2014, e a empresa pôde voltar a vender seus produtos no território chinês. De acordo com os executivos da Microsoft, a China era um mercado em potencial. Ter a possibilidade de vender seus produtos naquele país contribuiria (e, de fato, contribuiu) significativamente para a popularização do mais novo Playstation.

Lançamento

O console chegou aos Estados Unidos e ao Canadá em 15 de novembro de 2013. Em 29 de novembro do mesmo ano, o PS4 chegou a uma série de países. São eles: Alemanha, Argentina, Austrália, Áustria, Bélgica, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Dinamarca, Equador, El Salvador, Espanha, Finlândia, França, Guatemala, Holanda, Irlanda, Itália, Luxemburgo, México, Noruega, Nova Zelândia, Panamá, Peru, Polónia, Portugal, Reino Unido, Rússia, Suécia e Suíça.

Lançamento do PS4
Divulgação
Lançamento do PS4

O lançamento seguinte foi para África do Sul, Arábia Saudita, Bahrein, Bolívia, Emirados Árabes Unidos, Eslováquia, Grécia, Hungria, Kuwait, Nicarágua, Oman, Paraguai, Qatar, Republica Checa, Turquia e Uruguai, no dia 13 de dezembro daquele ano. Apenas quatro dias depois, em 17 de dezembro, o console da Sony chegou a Coreia do Sul, Hong Kong (China) e Macau (China). Entre os dias 18 e 20, Taiwan, Singapura e Malásia também receberam o lançamento do videogame.

Índia, Indonésia, Filipinas, Tailândia e Japão só receberam o console no ano seguinte, 2014, nos dias 6, 9 e 14 de janeiro, e 22 de fevereiro, respectivamente. Em toda a extensão do território chinês, o videogame só foi liberado em 20 de março de 2015, após um longo período de intensas negociações.

Especificações Técnicas

Entre suas especificações técnicas estão 8 GB de memória RAM, leitor Blu-Ray e sensor de movimentos embutido no controle, conhecido como DualShock 4 . O processador foi desenvolvido em uma parceria entre a AMD e a Sony, e combina uma unidade de processamento central (CPU) e uma unidade de processamento gráfico (conhecida como GPU). No mesmo componente, há ainda um controlador de memória e um decodificador de vídeo. Os dois módulos do processador são compostos de unidades quad-core Jaguar, o que consiste em um total de oito núcleos x86-64. De acordo com informações divulgadas pela Sony, o processador deste console é até quatro vezes mais rápido que o de seu antecessor, o Playstation 3. Isso faz com que o console seja mais próximo aos PCs, facilitando para quem desenvolve games.

Além disso, além do processador central, há dois chips que ajudam a executar determinadas tarefas em segundo plano, garantindo maior performance e desempenho. Há um componente dedicado exclusivamente ao gerenciamento de downloads e uploads. Essa inovação permite que o usuário jogue um game enquanto outro título ainda está sendo baixado.

O HD de 500 GB de armazenamento foi duramente criticado na ocasião do lançamento do videogame. Muitos usuários acharam que a Sony pecou nesse quesito, pois alguns games do console chegam, facilmente, aos 50 GB de dados a serem armazenados. A maioria dos jogos têm em torno de 20 GB. Porém, esse aparelho permite a troca de HD mais facilmente, apenas com uma chave Phillips é possível fazer a substituição. É necessário apenas que ele tenha uma altura máxima de 9 mm.

PS4
Divulgação/Playstation
PS4

O videogame da Sony também possui um módulo de áudio dedicado, que dá suporte para conversas enquanto se está rodando um jogo. Mas também, permite que se use uma grande quantidade de streams em determinados jogos – aqueles que permitem o uso dessa tecnologia.

É também essa versão do aparelho da Sony que introduz o modo de repouso, ou stand by. Esse modo apresenta uma economia de energia quando o videogame não está em uso após um determinado período. O jogador pode pausar um game e colocar o console em stand by. Ao retornar e ligar o console, o game estará pausado, da mesma forma que o jogador o deixou. Essa é uma inovação muito útil para não permitir que o usuário perca seus avanços.

Fora isso, o videogame nesse modelo ganhou a capacidade de reproduzir músicas por USB. Basta espetar o pen drive no console e selecionar uma das faixas para executá-la. Essa foi uma das inovações de hardware que os antecessores não possuíam.

Uma característica que chamou a atenção na ocasião do lançamento do PS4 foi seu peso reduzido. A versão original de seu antecessor, o PS3, pesava 5,1kg. É também mais leve que o PS3 Slim, que tem 3,2 kg. Essa nova versão do console pesa apenas 2,8kg. Apesar disso, ele é mais poderoso e potente que o console que o antecede.

Além disso, foi lançado um aplicativo, o Playstation App, que permite ao jogador transformar tablets e smartphones em uma segunda tela, garantindo assim a melhor jogabilidade possível.

Novo DualShock 4

O controle possui a tecnologia DualShock 4, que traz um touchpad na parte frontal, além do botão Share, que permite o compartilhamento de conteúdos pelo controle, além da captura de cenas do game, para posterior compartilhamento – seja com os amigos, seja nas redes sociais.

DUALSHOCK 4 conta com barra de luz para usuário digitar movimentando o controle
Divulgação
DUALSHOCK 4 conta com barra de luz para usuário digitar movimentando o controle

O joystick também foi redesenhado para ser mais anatômico, os gatilhos são mais firmes e a distância entre as alavancas analógicas foi aumentada, para garantir mais conforto ao jogador. Além de todas as melhorias já citadas, o sistema de vibração também foi melhorado, em uma busca para tornar a experiência mais realística e interessante para o usuário final. 

A luz do DualShock, que indica quando o controle sem fio está ativo, consome bastante energia. Pensando nisso, foi implementada uma opção que permite que o jogador reduza o brilho dessa luz (para isso, basta acessar as configurações do DualShock no console), economizando energia e adiando a recarga do joystick. Isso também faz com que a vida útil da bateria seja prolongada.

A lightbar do controle agora passa a ser funcional, com cores diferentes que são usadas para indicar os players ativos. Azul para o player um, vermelho para o player dois. O player três fica com a cor verde, e a cor rosa resta ao player quatro.

DualShock 4 tem entrada para headsets
Divulgação/Playstation
DualShock 4 tem entrada para headsets

Quanto ao touchpad, ele tem tecnologia capacitiva, isto é, reconhece dois toques simultâneos. Essa tecnologia é importante porque permite que sejam aplicados os movimentos de pinça para zoom-in e zoom-out, e há ainda a possibilidade dos movimentos de clique. Outra novidade do joystick é a introdução de uma entrada para fones de ouvido e headsets – que já vem incluso (mais uma inovação dessa versão do aparelho). Isso é mais uma prova da valorização à interação com outros jogadores que a Sony teve ao criar esse console e seus acessórios. Também, dessa forma, o jogador poderá jogar com fones de ouvidos, mesmo estando distante do console.

É importante ressaltar que o DualShock 3, o controle original que acompanhou o PS3, não tem suporte nativo nesta versão. Portanto, é necessário adquirir o DualShock 4. 

Botão SHARE

Esse botão também traz a inovação de permitir a transmissão dos avanços no game em tempo real. Essa inovação é fruto de um dos cinco pilares propostos pela empresa durante o planejamento do videogame – que é torna-lo social, integrá-lo com as redes sociais e permitir que ele seja usado para aproximar os jogadores.

Botão Share foi adicionado para garantir maior interação social do PS4
Divulgação/Playstation
Botão Share foi adicionado para garantir maior interação social do PS4

Com a versão 3.00 do firmware, os usuários do Playstation 4 têm a possibilidade de criar comunidades baseadas em interesses comuns, como jogos, gêneros, campeonatos, títulos e muito mais. As comunidades incluem um fórum de mensagens com discussões gerais, capturas de tela dos jogadores e a habilidade de se juntar à conversas de chat ou jogos.

Luzes

Uma das grandes inovações que o PS4 trouxe com relação aos seus antecessores foi a comunicação com o usuário através de luzes de diferentes cores. Cada luz tem um significado diferente, uma mensagem específica para passar ao jogador de como anda a situação do console.

Se a luz está apagada, significa que o console está desligado. Para ligá-lo, basta pressionar o botão Power. Se a lightbar não emitir nenhum tipo de brilho, o jogador deve verificar os cabos de energia, que podem estar desconectados ou com algum mau contato.

Quando a lightbar está emitindo uma luz que oscila entre o branco e o azul, o console está sendo iniciado. A transição, em condições normais, leva pouco tempo, sobretudo se o aparelho já estava ligado, mas estava em modo de repouso. Quando a luz estiver branca, o console está ligado e funcionando corretamente.

Reprodução/Youtube
"Luz Azul da Morte" do PS4

A luz laranja, quando pulsante, avisa ao jogador que o PS4 está entrando em modo de repouso. Quando ela se torna constante, o console já está em stand by. Nesse modo, é possível recarregar o DualShock 4, instalar novos conteúdos e fazer atualizações de games. Além disso, quando está nesse modo, o aparelho consome até dez vezes menos energia do que quando está ligado.

Se a lightbar ficar branca e pulsar por alguns segundos, indicará que o aparelho está sendo desligado. Porém, se a luz pulsar por mais tempo, o jogador deve ficar atento, pois há algum tipo de erro no sistema. Nesses casos, a fabricante recomenda que se desligue o aparelho, aguarde 60 segundos e só então o ligue novamente. Caso o problema persista, a recomendação é reinstalar o sistema completamente. E essa medida ainda não resolver, o proprietário deve procurar uma assistência técnica autorizada da Sony, pois o problema pode ser mais grave.

Preocupe-se também se a lightbar emitir um brilho vermelho pulsante, que indica o superaquecimento do sistema. Isso pode causar danos permanentes. Quando isso ocorrer, é altamente recomendado que o console seja desligado e que o proprietário aguarde alguns minutos, até que o sistema resfrie, antes de liga-lo novamente. Além disso, é sempre recomendado verificar se o videogame está em um local adequado e se há ventilação adequada.

Playstation App

Playstation App
Divulgação/Playstation
Playstation App

O PlayStation App permite que iPhone, iPad ou smartphones e tablets com Android sejam usados como telas secundárias para o PS4. Uma vez que o app seja instalado, os jogadores poderão ver itens do jogo, comprar jogos para o PS4 e baixa-los diretamente em seus consoles, ou assistir ao jogo de outras pessoas remotamente em seus aparelhos. Essa é mais uma característica que foi implementada pensando na importância do caráter social desejado pela Sony para este console.

Retrocompatibilidade

PS3 (direita) e PS4 (esquerda)
Reprodução/Youtube
PS3 (direita) e PS4 (esquerda)

Nativamente, o PS4 não é capaz de ler games do PS3. O videogame também não suporta títulos desenvolvidos para o antecessor adquiridos através da Playstation Network (PSN). Em 2015, a Sony divulgou que está trabalhando em uma aplicação que permita emular os games dos Playstation 2 e 3 no videogame mais novo da família Playstation.

Playstation Eye

A famosa câmera do videogame da Sony foi redesenhada e melhorada para esta versão. A Playstation Eye ganhou duas novas lentes, o que melhorou sua qualidade e precisão na captura de movimentos, quando comparada a sua versão anterior. Ela também se comunica com a barra luminosa do console, localizando a posição de cada jogador no ambiente e o transportando para o jogo. Essa é outra tentativa de tornar a experiência de jogar com o PS4 ainda mais realística e satisfatória.

A Playstation Eye foi totalmente repensada para o PS4
Divulgação/Playstation
A Playstation Eye foi totalmente repensada para o PS4

Ela também vem equipada com um microfone de quatro canais, que ajudam a reduzir os ruídos de fundo. Também possibilita que a Playstation Eye possa ser usada para emitir comandos de voz, além de funcionar para comunicação e interação entre jogadores em tempo real. Esse é um acessório opcional, que deve ser adquirido separadamente.

Armazenamento na Nuvem

A grande novidade nesse quesito é que, ao comprar um novo game, o jogador pode deixá-lo sendo baixado em segundo plano enquanto joga o título. Isso se deve a tecnologia de cloud gaming. Esse recurso foi pensado para ser um grande diferenciador de seu principal concorrente, o Xbox One.

Playstation Network permite armazenamento na nuvem
Divulgação/Playstation
Playstation Network permite armazenamento na nuvem

Para que tal processo seja possível, o console acessa dados por meio da nuvem e os transmite via streaming, enquanto o game vai sendo armazenado no HD do PS4. A ideia por trás da tecnologia é facilitar a vida do jogador, sem que ele precise ficar aguardando durante horas o final do download até que possa jogar seu título recém-adquirido.

Além disso, o cloud gaming permite que o jogador possa conferir as demonstrações de lançamentos de forma facilitada. Funciona assim: O jogador entra no Playstation Network, confere a biblioteca de demonstrações e escolhe o título que deseja testar. O jogo é carregado instantaneamente, de forma que o usuário agora só baixa e paga os games que realmente se interessar, poupando-se do trabalho de apagar conteúdos que não deseja de seu HD, a fim de não ocupar espaço de armazenamento com games que o jogador não deseja ter. Também poupa o trabalho do usuário de apagar conteúdos indesejados.

Edições Especiais

Para comemorar o lançamento de alguns games, a Sony criou algumas edições comemorativas do console. São elas:

• PS4 Fox Edition: inclui o jogo “Metal Gear Solid V: Ground Zeroes”, e traz o emblema da Force Operation X (FOX), em uma referência à serie Metal Gear.

• Um console com acabamento em vermelho e preto para o game “Final Fantasy”. Ele foi lançado no Japão em março de 2015, e inclui uma cópia de “Final Fantasy Type-0 HD” e um código que dá acesso a demonstração de “Final Fantasy XV”.

• Duas versões especiais da série “Yakuza” ficaram disponíveis no Japão. São elas: a edição “Kazuma Kiryu” e a edição “Goro Majima”. Ambas estavam disponíveis em duas cores e com as icónicas tatuagens estampadas no hardware.

• “God Eater 2: Rage Burst” foi comemorado com o lançamento das edições pretas e brancas do console. Elas foram vendidas no Japão na época em que foi lançado o conteúdo adicional referente ao jogo, em fevereiro de 2015.

• Uma versão prateada "metallic slime" foi lançada também em fevereiro de 2015, para marcar o lançamento do game “Dragon Quest Heroes”.

Edição Especial do PS4 com tema
Divulgação/Playstation
Edição Especial do PS4 com tema "Star Wars"

• Talvez, a edição mais especial de todas foi lançada em dezembro de 2014, para marcar o vigésimo aniversário da PlayStation. Esse PS4 especial vinha com o mesmo sistema de cores da versão original do primeiro Playstation, datado de 1994.

• Uma edição limitada do jogo “Batman: Arkham Knight” foi anunciada em março de 2015. O aparelho que comemorou esse lançamento saiu de fábrica com na cor prata e com a silhueta de Batman na face principal. Estavam incluídos também uma cópia do jogo e uma versão prateada do controle DualShock 4.

• Anunciado em agosto de 2015, o videogame que tem desenhado o personagem Darth Vader e o logotipo da franquia “Star Wars”, faz parte de dois pacotes que foram lançados em novembro de 2015. São eles o “Limited Edition Star Wars Battlefront PS4” e o “Limited Edition Disney Infinity 3.0: Star Wars PS4“. Ambos incluem também um controle DualShock 4 personalizado com as cores do vilão mais amado do cinema, entre outros prêmios bônus, como jogos e figuras colecionáveis inspirados na série.

Novos modelos

Playstation 4 Slim

Confirmado no Playstation Meeting 2016, o Playstation 4 Slim será uma versão reduzida do PS4 que já está no mercado desde 2013. A prática é adotada pela Sony desde o lançamento do PS1. A grande novidade que esta versão será o visual mais enxuto do console, mais fino e mais leve que o original. Entretanto, isso não irá significar uma perda da capacidade do videogame, já que o modelo Slim terá o mesmo hardware da versão original e os games rodarão da mesma maneira.

Outra alteração apresentada neste modelo são os botões. Aqui, os botões são físicos – na versão original do console, eram botões sensíveis ao toque. O HD de 500 GB foi mantido, e pelas fotos já divulgadas do console, é possível ver um pequeno compartimento, que deve facilitar a troca por um HD com uma maior capacidade de armazenamento. No entanto, seu tamanho não deve exceder os 9mm de altura.

PS4 Slim (abaixo) será versão menor do console original (acima)
Reprodução/Youtube
PS4 Slim (abaixo) será versão menor do console original (acima)

O peso desta versão merece destaque. Enquanto a versão normal do PS4 tem 2,8kg, o PS4 Slim pesa apenas 2,1kg. Contudo, o detalhe mais importante dessa versão é que, provavelmente, o aparelho já sairá de fábrica configurado para dar suporte ao Playstation VR – o equipamento de Realidade Virtual da Sony.

Essa versão, porém, não terá capacidade de ler Blu-Ray em resolução 4K, para a infelicidade de muitos usuários do console da Sony. Outro diferencial será seu preço reduzido – motivo pelo qual a Sony busca fazer versões Slim de seus consoles, de modo a aumentar a acessibilidade ao videogame.

Contudo, de acordo com a empresa, essa versão substituirá a versão original do console da Sony. Além disso, segundo informações divulgadas pela empresa, não haverá o lançamento de um novo Playstation por um longo tempo, tendo em vista que a companhia tem trabalhado incansavelmente nestas duas versões do console por durante um período considerável.

Playstation 4 PRO

De acordo com a Sony, o Playstation 4 PRO será uma versão mais potente que a original, com suporte para leitura e reprodução de Blu-Ray (porém, sem suporte para resolução 4K nesse formato, nem leitura de Blu-Ray Ultra HD) e games em HDR. Porém, para usufruir dessas melhorias, é importante que o jogador utilize um televisor com suporte à tecnologia 4K. Esse é um console que foi desenvolvido totalmente focado no perfil gamer hardcore, e traz um HD de 1 TB de armazenamento interno.

Esse videogame também contará com um novo GPU, o que trará ainda mais definição para os gráficos do console. Enquanto a versão normal conta com uma GPU de 1,84 TFLOPS da AMD, o PS4 PRO contará com uma GPU de 4,20 TFLOPS.

PS4 Pro chegará ao mercado em 10 de outubro
Reprodução/Youtube
PS4 Pro chegará ao mercado em 10 de outubro

Antes do anúncio oficial, ele era conhecido como Playstation 4 NEO. É um console realmente robusto, e isso pode ser provado através de seu peso: 3,3kg contra 2,8kg da versão original. Além disso, ele também tem medidas alguns centímetros maior que seu antecessor. Segundo informações, o aparelho também deverá vir acompanhado de um novo controle, similar ao DualShock 4, mas com pequenas diferenças visuais.

Para os usuários do console original que não pretendem adquirir a nova versão, a Sony afirmou durante o evento Playstation Meeting 2016 – quando foi feito o anúncio da versão PRO do PS4 (antes era chamada de NEO) – que irá liberar uma atualização de firmware, que irá possibilitar que os usuários rodem games em HDR e resolução 4K na versão original do console. Isso fará com que o videogame original suporte games com HDR de até 30 fps.

PS4 Pro
Divulgação/Playstation
PS4 Pro

Entre os jogos já confirmados com melhor resolução, estão "Call of Duty: Infinite Warfare", "FIFA 17", "Battlefield 1" e "Call of Duty: Black Ops 3". Além disso, serviços como Netflix e YouTube, que fazem transmissão em 4K, também se beneficiarão do novo hardware do PS4 Pro. Séries como "Narcos", "Luke Cage" e "House of Cards", produzidas pelo serviço de streaming, estarão disponíveis em Ultra HD no console. Além disso, o YouTube também prometeu um app que rode no dispositivo, com a tão aguardada resolução 4K.

Seu lançamento está marcado para 10 de outubro deste ano, e ele chegará às lojas americanas pelo valor de US$399. Contudo, ainda não há previsão (ou mesmo confirmação) de chegada do console ao Brasil. Todos os jogos do PS4 original vão funcionar no novo console.

Também haverá ferramentas para transferir a biblioteca, é o que afirma a propaganda lançada pela desenvolvedora. Além disso, há a promessa de que todos os discos e downloads vão rodar em ambos os produtos. Ele não terá retrocompatibilidade com o antecessor do PS4, o PS3.

Além disso, para ter acesso a verdadeira resolução 4K, é preciso conectar o console a uma TV que tenha suporte para essa tecnologia. Do contrário, a resolução dos gráficos ficará prejudicada.

Games que serão portados para o PS4 PRO

• Call of Duty: Infinite Warfare

• Modern Warfare Remastered

• Black Ops 3

• Spider-Man

• For Honor

• Deus Ex: Mankind Divided

• Rise of the Tomb Raider

• Days Gone

• Watch Dogs 2

• Farpoint

• Horizon Zero Dawn

• Call of Duty: Infinite Warfare

• Call of Duty: Modern Warfare Remastered

• Call of Duty: Black Ops 3

• Dishonored 2

• Final Fantasy XV

• FIFA 17

• Battlefield 1

• Mass Effect Andromeda

Reprodução/Youtube
"Mass Effect Andromeda" chega no primeiro trimestre de 2017

Há, inclusive, um trailer do primeiro gamplay do jogo “Mass Effect Andromeda” rodando no poderoso console da Sony, com resolução em 4K. Outro game que também ganhou cenas reproduzidas em 4K no videogame foi “Call of Duty: Infinite Warfare”. O vídeo divulgado mostra cenas da fase intitulada “Operation Dark Quarry”. Assim como cenas inéditas de “Horizon: Zero Dawn”.

Principais games exclusivos para Playstation 4

Alguns games popularizaram-se graças a sua exclusividade para o videogame da Sony. Confira abaixo da lista dos games exclusivos para o PS4 que mais se popularizaram entre os amantes do console.

Horizon Zero Dawn

“Horizon Zero Dawn” é um game no estilo RPG, exclusivamente desenvolvido para o PS4. É um trabalho da produtora Guerrilla Games, e tem previsão de lançamento para 28 de março de 2017, através da publicadora Sony. De antemão, já foi avisado que a experiência não contará com modo multiplayer.

De acordo com as informações divulgadas pela desenvolvedora, a história se passa há mil anos no futuro, em um mundo pós-apocalíptico. Criaturas mecânicas colossais dominaram o mundo, e o jogador deverá percorrer uma paisagem que fugiu do controle da humanidade. O jogador controla Aloy, uma caçadora que utiliza da velocidade, astúcia e inteligência para permanecer viva e proteger a sua tribo contra a força, o tamanho e a potência das máquinas, que querem tomar o planeta somente para si, destruindo a humanidade. Ao longo do tempo, a humanidade regrediu, até tornar-se essencialmente tribal novamente.

Reprodução/Youtube
"Horizon Zero Dawn" será exclusivo para Playstation

Apesar disso, Aloy é uma espécie de pária entre seus semelhantes. Sem saber os motivos para receber tal tratamento, a jovem aventureira sempre foi tratada como uma espécie de “maldição” pelos anciões de sua tribo, que afirmam que “ela veio de lugar nenhum” e que ela é ninguém. A consequência do tratamento hostil é que a jovem dedicou-se a treinar suas habilidade e especializar-se em sobrevivência.

“Horizon Zero Dawn” é totalmente em mundo aberto, que pode ser explorado nos momentos em que o jogador não está realizando missões. Além disso, existe um sistema dinâmico de clima e um ciclo dia-noite muito bem estruturado. Diferente de todos os outros games da desenvolvedora, não há a presença de armas de fogo. Os armamentos aqui são, basicamente, arcos, flechas, lanças e outros tipos mais rudimentares.

God of War

“God of War” é uma série de jogos eletrônicos de ação-aventura vagamente baseada na mitologia grega criada por David Jaffe. Lançada inicialmente em 2005, a série tornou-se carro-chefe para a marca PlayStation, que conta com sete jogos em várias plataformas.

God of War
Reprodução/Youtube
God of War

A história centra-se em torno de sua personagem jogável, Kratos, um guerreiro espartano enganado para matar sua esposa e filha por seu antigo mestre, o deus da guerra Ares. Furioso, Kratos mata Ares a mando da deusa Atena e toma seu lugar como o novo deus da guerra, mas ainda é assombrado por pesadelos de seu passado. O espartano em seguida busca vingança contra os deuses para suas maquinações. O que acontece nos jogos seguintes é uma série de tentativas de libertar-se da influência dos deuses e dos titãs, e vingar sua família. Cada jogo faz parte de uma saga que tem a vingança como fator motivador central.

Os jogos da série foram elogiados por serem os melhores jogos de ação para a marca PlayStation, e alguns dos melhores jogos de ação de todos os tempos. Em junho de 2012, a Sony informou que a série tinha vendido mais de 21 milhões de cópias em todo o mundo.

Novo God of War apresenta o filho de Kratos
Reprodução/Youtube
Novo God of War apresenta o filho de Kratos

 A boa recepção pelo público, confirmada pela grande quantidade de vendas e suporte da série levou a expansão da franquia em outros meios, tais como uma série em quadrinhos — "God of War", dois romances — "God of War" (2010) e "God of War II" (2013)— e um graphic novel—"Rise of the Warrior" (2012–13). A adaptação para o cinema do primeiro jogo está em desenvolvimento desde 2005. Obras de arte, roupas, brinquedos e réplicas também figuram a grande lista de artigos com o tema “God of War”.

Além disso, foi confirmado um novo game da franquia, que contará com diversos elementos de mitologia nórdica. Nesse episódio da série de Kratos, ele estará mais velho – não é mais o lutador sanguinário que os jogadores estão acostumados a ver. Ele casou-se novamente e teve um filho, que provavelmente será jogável.

Uncharted

“Uncharted” é uma série de games de aventura e ação, que conta a história de Nathan Drake e seus companheiros, que viajam o mundo em busca de tesouros. Foi produzido pela Naughty Dog e publicado pela Sony. Esse jogo faz parte da lista de conteúdos desenvolvidos exclusivamente para o PS4

A série principal conta com quatro games. Foram publicados também quatro DLCs. Além disso, há “Uncharted: Drake's Trail”, que foi um jogo online com dez capítulos, lançado em 2007, e serviu como um antecedente para o enredo de “Drake's Fortune”, primeiro jogo da saga.

Reprodução/Youtube
"Uncharted" é mais um game exclusivo para os consoles da Sony

Dentre os locais visitados pelos aventureiros do game, pode-se destacar Amazônia e uma ilha inexplorada na América do Sul em “Drake's Fortune”; a paisagem urbana do Nepal, as montanhas do Tibete, um museu em Istambul e a ilha de Bornéu no game “Among Thieves”. As ruas da misteriosa Londres e de Cartagena (Colômbia), um château em França, um castelo de um sultão na Síria, uma cidade no Iêmen e o vasto deserto de Rub' al-Khali em “Drake's Deception”. E em “A Thief’s End”, a ilha de Madagáscar.

Outros produtos também foram desenvolvidos sob a marca “Uncharted”, como livros, animações e um filme, cujo lançamento está previsto para 30 de junho de 2017.

The Last of Us

"The Last of Us" é um jogo de ação e aventura, desenvolvido pela Naughty Dog e publicado pela Sony. Lançado originalmente para PS3 em 14 de junho de 2013, ganhou uma versão remasterizada para o PS4, em 29 de julho do ano seguinte. O game foi desenvolvido com exclusividade para os consoles da Sony.

The Last of Us
Reprodução/Youtube
The Last of Us

No game, os jogadores controlam o protagonista Joel, um homem encarregado de proteger uma garota chamada Ellie através dos Estados Unidos pós-apocalíptico. Os jogadores podem utilizar armas de fogo e outras armas improvisadas em diferentes situações de combate.

Ainda é possível empregar habilidade de stealth, a fim de se defender de humanos hostis e  outras criaturas infectadas com uma mutação do fungo cordyceps. As armas disponíveis também podem ser melhoradas, ao recolher itens do ambiente. O modo multiplayer de "The Last of Us" ainda permite que até oito jogadores entrem em recriações competitivas ou cooperativas dos cenários do modo um jogador. Nesse caso, a escolha é livre.

Bloodborne

“Bloodborne” é um game de ação e aventura, produzido pela desenvolvedora From Software e publicado em 24 de março de 2015, exclusivamente para o PS4. No game, o jogador assume o papel de um viajante pela gótica cidade de Yharnam, que está em ruínas. Segundo as lendas, lá está escondido um poderoso medicamento. Ao chegar à cidade, no entanto, ele descobre que o local está atormentado por uma doença endémica, que transformou seus habitantes em criaturas bestiais. O jogador terá que sobreviver enquanto percorre as ruas de Yharnam, além de superar seus habitantes violentamente enlouquecidos e os monstros terríveis.

Game
Reprodução/Youtube
Game "Bloodborne" também integra a lista dos jogos exclusivos para PS

O arsenal deste game é bastante dinâmico. Dentre  as classes que o jogador pode escolher, as armas de combate corpo-a-corpo podem se transformar em dois estados alternativos, sendo que cada um permite uma abordagem diferente em relação ao combate. O cutelo, por exemplo, em seu estado original pode ser usado para atacar rapidamente os inimigos em áreas apertadas. Porém, quando assume seu estado secundário, torna-se uma lâmina mais estendida, que é adequada para controle de multidões.

Os escudos também estão disponíveis em “Bloodborne”, adianta o jogador ficar se defendendo o tempo todo, pois os inimigos são muito agressivos. Assim, o usuário pode empunhar uma arma de fogo na sua mão esquerda, que pode ser usada para atordoar os inimigos, seguido por um ataque crítico com a arma corpo-a-corpo do jogador, na mão direita.

Durante a Tokyo Game Show 2015, foi anunciada a expansão “Bloodborne: The Old Hunters”. Esse DLC conta a historia dos velhos caçadores referenciados no game principal, além de conter novas áreas de exploração.

Recepção

Em novembro de 2015, de acordo com dados divulgados pela Sony, já haviam sido vendidas mais de 30 milhões de unidades do videogame. Essa foi uma marca recorde para a empresa. Dois meses antes, o ciclo final de um dos predecessores do PS4 – o PS2 – havia batido a marca das 155 milhões de unidades vendidas no mundo todo.

Na ocasião do lançamento, o console recebeu muitas críticas favoráveis por parte dos analistas. Isso se deve às diversas inovações que o console implementou na franquia de aparelhos de videogame da Sony. Os dois elementos mais elogiados foram o botão Share, que trouxe a interação social com demais jogadores – algo essencial na era das redes sociais.

A outra inovação que mereceu destaque da crítica foi o novo DualShock 4. Seu formato anatômico agradou, além dos botões de gatilho mais eficientes e os novos comandos direcionais.

PS4
Divulgação/Playstation
PS4

Contudo, isso não foi o bastante para salvar o console das críticas negativas. A necessidade de inscrição no sistema Playstation Plus para acessar o modo multiplayer foi a novidade que mais recebeu críticas. Além disso, a tela capacitiva do DualShock 4 também recebeu duras críticas. De acordo com algumas publicações da área de games, esse elemento de hardware caiu em desuso há um tempo razoável, assim, não fazia sentido trazê-lo para um console novo. A bateria do controle também foi criticada, por sua baixa duração.

O fato de, na ocasião do lançamento, o PS4 não ter suporte para acessar a última versão da tecnologia Wi-Fi. Esse detalhe, porém, foi melhorado após o lançamento, com uma atualização de firmware disponibilizada pela Sony.

Apesar disso, todas as críticas, não superam os grandes elogios e a popularidade do PS4 entre os gamers de plantão desde o seu lançamento. Esse é o videogame da família Playstation mais vendido já lançado pela Sony.

Todas as notícias sobre PS4