Maquiagem: O que você quer saber, mas tem vergonha de perguntar

A técnica mais antigas de embelezamento e camuflagem se transforma com o tempo e avanço da tecnologia. Descubra quais foram os primeiros povos a usarem maquiagem de truques, além de dicas, truques, funcionalidade e curiosidades de produtos e de acessórios usados na profissão

Maquiagem, que vem do francês maquillage e da forma coloquial maquilagem, consiste na ação de encobrir algo. É realizar, com ajuda de produtos, melhorias para conseguir efeitos de boa aparência. Serve para o embelezamento ou difarce de algo ou alguém.

O que é maquiagem?
Reprodução/Pinterest
O que é maquiagem?

História da maquiagem

História da maquiagem
maquiagem
História da maquiagem

Acredita-se que a maquiagem seja uma arte ancestral, adotada por homens primitivos, os quais já usavam extratos de plantas, flores e animais para colorir regiões do corpo junto com outros acessórios para efeites, rituais (xamânicos, funerários ou fertilidade) e até mesmo identificação de tribos.

Normalmente, esse procedimento de aplicar determinados produtos para disfarçar, destacar ou simplesmente colorir começou com finalidades cerimoniais. Muitos achados arqueólogicos datam do Egito Antigo, por volta de 3.000 antes de Cristo, um dos primeiros povos a utilizar a técnica. Eles usavam o kohl, um tipo de pigmento preto - ainda muito usado como sombra nos dias de hoje - para contornar dos olhos e escurecer cílios e sobrancelhas. Além de embelezar, também o produto também tinha a função de proteger as áreas sensíveis do rosto contra os efeitos do Sol, já que a região do deserto sofria com as altas temperaturas.

Homens e mulheres na Grécia e no Império Romano maquiavam o rosto com produtos à base de açafrão, fuligem, cinzas, frutas esmagadas, cinábrio, antimônio e até cortiça queimada. Porém, como muitos desses ingredientes eram tóxicos por terem uma grande quantidade de mercúrio e chumbo na combosição, provocavam o envelhecimento prematuro em muitos que usaram.

No século V depois de Cristo, logo após a queda do Império Romano,  o ato de se maquiar foi abondonado em boa parte do continente europeu e perdurou durante toda a Idade Média, onde a religião condenava o uso de produtos como forma de vaidade e promiscuidade.

Foi a partir do século XV que os primeiros fabricantes de produtos direcionados à beleza surgiram, localizados na França e na Itália, mas ainda dedicados à um público muito seleto e cheios de privilégios: reis, aristocratas e cortesãos. O pó-de-arroz, usado para deixar a pele o mais branca possível, era sinal de status, assim como as pomadas usadas para colorir os lábios e as bochechas.

Somente no século XVIII que a maquiagem começou a se popularizar, mas ainda não era bem quista pelos conservadores da época. Muitas mulheres evitavam usar os produtos para  não serem associadas com atividades de vulgaridade e ações contra os bons costumes. Esse pensamento só mudou no início da década de 1920, onde a maquiagem virou mania entre as mulheres com a introdução do cinema.

Maquiador como profissão

Profissão: maquiador
Divulgação
Profissão: maquiador

Com o maquiagem conquistando o mundo, apareceram fabricantes de produtos e també, novas profissiões, como a de maquiador. Trabalhar nesta profissão é exercer uma função que entende e atende as necessidades estéticas, tem o domínio de diferentes técnicas de execução e acabamento da aplicação de produtos específicos, sendo capaz de apontar a melhor utilização de cada um deles para o resultado e caracterização final.

Principais produtos usados para maquiagem

Os diferentes produtos usados na maquiagem
Divulgação
Os diferentes produtos usados na maquiagem

A lista de produtos de maquiagem é extensa e parece infinita. Com o passar do tempo e avanço da tecnologia, surgem novidades para o necessaire. Os produtos básicos são:

-Primer

O produto ajuda esconder os poros, deixando a textura da pele mais lisa para receber a base. O primer também ajuda a fixar a maquiagem por mais tempo no rosto.

-Base

A base é usada para uniformizar as cores do rosto, corrigindo pequenas imperfeições.

-Corretivo

Serve para fazer pequenas correções no rosto, cobrindo o que a base não conseguiu disfarçar. Sua textura é mais tensa e de alta cobertura.

-Pó translúcido

Para dar acabamento aveludado à pele, é aplicado o pó translúcido. Sua cor não interfere nos tons dos produtos aplicados anteriormente. Também ajuda a manter a maquiagem por muito mais tempo no rosto e tem efeito matizador.

-Pó compacto
Por ser compacto, o pó é fácil de guardar e pode acompanhar a mulher durante a rotina, ajudando a tirar a aparência oleosa da pele. É o ideal para retoques. 

-Blush

Serve para colorir e dar profundidade às maçãs do rosto. Há produtos com brilho ou sem, nas mais variadas cores.

-Bronzer

Para conseguir uma aparência dourada, queimada pelo sol, é usado o bronzer. Pode ser aplicado pontualmente nas maçãs do rosto, no lugar do blush, marcar profundidade ou no lugar do pó para ter o efeito no rosto inteiro.

-Iluminador

O produto ajuda iluminar e destacar algumas regiões altas do rosto. O iluminador pode ter brilhos que variam em tons de prateados, dourados ouvchampagnes, adequando-se a cada tom de pele.

-Sombra

É usada nos olhos, na parte inferior ou superior - nas pálpebras móveis - para dar cor ou profundidade.

-Delineador

Pode ser encontrados em diversas texturas e formatos: gel, creme, pó, líquido ou caneta. Ele ajuda traçar uma linha na parte superior e inferior dos olhos.

-Máscara para cílios

A máscara de cílios, ou rímel - como é conhecido popularmente -, serve para destacar e colorir os cílios, deixando-os mais longos e cheios.

-Lápis para olhos

Ajuda a traçar linhas na parte superior e inferior dos olhos, e também pode ser usado na linha d'água para dar mais destaque.

-Batom

Nos mais variados efeitos e cores, o batom dá cor e textura para os lábios.

-Lápis para lábios

Ajuda a dar contorno para boca antes do batom ser aplicado. Também mantem a cor do batom por mais tempo.

-Máscara para sombrancelhas

A máscara para sobrancelhas ajuda a manter os fios no lugar, dá mais volume e uma aparência mais cheia.

-Lápis para sobrancelhas

O lápis para sobrancelhas ajuda a preencher possíveis falhas no desenho, desenhando fio a fio, e definí-la, mudando ou não o formato original.

Os diferentes pincéis para maquiagem

Pincéis de maquiagem
Thinkstock Photos
Pincéis de maquiagem

Se há uma gama quase infinita de produtos, também há um pincel específico para cada aplicação ou área do rosto. Veja os detalhes:

-Pincel para base

Usado para distribuir a base - de texturas líquida, cremosa ou mousse - no rosto com mais uniformidade.

-Pincel de corretivo

O pincel, na maioria das vezes com cerdas sintéticas e ponta arredondada, consegue um resultado mais natural. Indicado, principalmente, para a aplicação de produtos cremosos e pastosos.

-Pincel para pó facial

É o maior pincel do estojo e com mais cerdas, justamente para aplicar e espalhar melhor as pequenas partículas de pó no rosto.

-Pincel para contorno

O pincel contorno ajuda a definir ou mudar o formato do rosto. O formato das cerdas permite alcançar lugares estratégicos para fazer os efeitos de luz e sombra necessários. Suas cerdas sintéticas são macias e com ponta fina, ideal para aplicação de pós e também para esfumar os produtos com facilidade.

-Pincel para blush

O pincel para blush pode ter cerdas arredondadas ou apresentar um formato diagonal. Serve para aplicar e espalhar com uniformidade o blush, o iluminador e o bronzer no rosto, produzindo os efeitos de luz e sombra.

-Pincel Kabuki

Com cerdas cheias, macias e com ponta achatada, o pincel kabuki pode garantir um efeito natural, depositando a quantidade necessária de produto no rosto e esfumar com facilidade.

-Pincel duo fiber

Este pincel pode ser usado para aplicar o produto ou para polir a pele após a base. Ele deixa  acabamento mais natural e sem marcas - para essa finalidade deve ser usado em movimentos circulares.

-Pincel para lábios

Com cerdas firmes e ponta arredondada, o pincel para lábios permite dar um contorno a boca com mais precisão do que a bala do batom aplicada diretamente. 

-Pincel para sombra

É um pincel com cerdas curtas e com formato arredondado. Sua finalidade é diversa, servindo para aplicar, misturar e esfumar as sombras em geral.

-Pincel para esfumar sombra

As cerdas macias ajudam a dar melhor acabamento nas sombras, suavizando e esfumando as bordas para não ficarem marcadas.

-Pincel para sombra diagonal

O formato de cerdas diagonal é indicado para aplicar a sombra com precisão nos cantos interno e externo dos olhos. Neste último caso, é perfeito para fazer o famoso V no acabamento da maquiagem.

-Pincel de sombra esponja

A ponteira com esponja sintética, muito encontrado em estojos de sombras tradicionais, ajuda aplicar do produto com maior quantidade na pálpebra.

-Pincel para delinear

O formato diagonal das cerdas ajuda a dar mais dramaticidade à maquiagem. Ele pode ser usado para traçar uma linha, contornando os olhos rente aos cílios, esfumar o traço do lápis, ou simplesmente dar acabamentos mais marcados e finos.

-Pincel para retirar excessos

Ele tem as cerdas em formato leque e serve para retirar os excessos de produtos com textura em pó do rosto e até mesmo suaviar a cor em determinado local. 

-Pincel lápis

O modelo de pincel mais fino e denso é ideal para marcar o côncavo com precisão e aplicar sombra abaixo da linha d’água dos olhos.

-Pincel para sobrancelhas

Com cerdas chanfradas e levemente arredondados, é ideal para o preenchimento de falhas na sobrancelha. Você ainda pode usar esse pincel para modelar as sobrancelhas da maneira que preferir, e a expessura permite desenhar fio a fio.

-Pincel escova para sobrancelhas

A mini escova do pincel ajuda a pentear os fios da sobrancelha, preparando e até mesmo limpando a região para receber possíveis pigmentos.

-Esponjas

As esponjas ficaram populares nos últimos anos e são ótimas para aplicar bases líquidas. Elas podem ter diferentes formatos e texturas, mas todas conseguem um resultado muito natural se forem bem usadas. Cada uma delas é direcionada para um efeito diferente, seja aplicação ou textura de produtos - que podem ser em pó, líquidos ou pastosos. Para não errar, veja quais são as opções antes de comprar: 

Modelo Gota/beauty blender:  É o formato mais conhecido, já que muitos maquiadores, blogueiras e celebridades mostraram maquiagens utilizando esse tipo de esponja. O modelo gota, da beauty blender, ganhou versões de diversas marcas mas as características continuaram as mesmas: a parte inferior, mais gordinha, serve para aplicações e esfumar as áreas maiores do rosto, e a ponta mais fina consegue alcançar os cantinhos mais difíceis. Para uma pele mais uniforme e com aspecto natural, uma dica é umedecer a esponja, em um recepiente com água, antes de usar. Ela ficará maior e mais maleável, espalhando melhor o produto nos locais desejados. 

Modelo Retangular:  O formato retangular é o tradicional, além de ser uma boa opção para quem está começando esse tipo de acessório. Por ser maior, é indicada para regiões mais espaçosas.

Modelo Redondo:  Muito versátil, esse modelo é encontrado sozinho ou acompanhando alguns produtos, como pó compacto e bases cremosas. Pode ser usado para corrigir imperfeições, como sombras e outros cosméticos que caem no rosto durante a produção, e também para não deixar as aplicações marcadas. 

Modelo minigota:  Além de muito charmosa, o modelo miniatura da gota permite aplicação e esfumar produtos em áreas mais difíceis de alcançar, como a parte interna dos olhos e nariz. Ela também ajuda na correção de pontos específicos, como espinhas e pintas.

Modelo Triangular:  Muito usada para aplicação de bases e corretivos, o modelo triangular também se adequa para áreas menores.

Modelo Cilíndrica:  O modelo cilíndrico exige um pouco mais de experiência para o manuseio, já que o material não tem muita firmeza. Essa esponja é muito usada para fazer o contorno no rosto, deixando os produtos menos marcados na pele.

Non-touring

Para as mulheres que gostam de uma maquiagem leve e simples, uma das técnicas de efeito muito usada nos dias de hoje é o non-touring. Essa tendência consiste em um aspecto natural do rosto feminino, ressaltando pontos altos sem exageros. A ideia é usar produtos de uma maneira tão suave que parece não estar usando nenhum cosmético.

Mesmo que a aparência seja muito leve e quase imperceptível,  a técnica consegue esconder as imperfeições do rosto, motivo pelo qual virou uma febre entre as celebridades dentro e fora do red carpet. O non-touring não exige muita experiência com os pincéis de maquiagem na hora da reprodução- muito diferente da técnica de contorno, por exemplo. 

Os produtos são poucos e brincam com o jogo de luz e sombra do rosto. Base ou BB cream, corretivo, iluminador e pó bronzeador são as estrelas desse "não-contorno", que destaca a beleza natural de cada formato do rosto.

Se quiser arriscar, veja um passo a passo simples para fazer non-touring em casa:

Passo 1 - escolha das cores

Você tem que escolher uma cor de base ou BB cream  que seja exatamente do tom da sua pele. O mesmo vale para o corretivo - se a cor estiver errada, irá destacar ao invés de esconder as imperfeições.

Já o pó bronzeador pode ser mais escuro que o tom natural da pele, mas nada que contraste muito. Uma dica para acertar na cor é buscar algo parecido com seu tipo de bronzeado quando toma sol.

Os iluminadores perolados ou champagne são os mais indicados para a técnica. Eles se adaptam muito melhor aos diferentes tons de cutis. Tome cuidado com as cores douradas e prateadas demais.

Passo 2 - marcações no rosto

Com o pó bronzeador,  marque os ossos abaixo das maçãs do rosto e a parte mais alta das bochechas. Também prossiga marcando rente à raiz do cabelo - caso tenha a testa avantajada -  e o contorne o osso da mandíbula, que segue do final da orelha até o queixo.

Com corretivo, ressalte a parte embaixo dos olhos - onde ficam localizadas as chatas olheiras - formando um triângulo. Além das bolsas abaixo dos olhos ficarem escondidas, as maçãs serão destacadas com essa técnica. Aplique também o produto na parte central do nariz, na ponta do queixo e contornando as sobrancelhas.

Passo 3 - esfumar as marcações

Depois de aplicar todos os produtos, você deve esfumar as marcações. Para isso, use uma esponja específica para essa função, ou um pincel adequado para deixar o aspecto mais leve e natual possível. Movimentos suaves e circulares ajudaram nessa função. 

Dica para pele oleosa

Muitas vezes, iluminar essas regiões do rosto são um problema para pessoas com pele oleosa. Mas o iluminador pode, e deve, ser usado por elas também. Uma dica é preparar a pele antes das marcações com o pó translúcido, que irá reter um pouco desse brilho, principalmente na região T ou nos poros dilatados.

Contorno: o que é e como fazer essa técnica

Contorno facial
Edu Cesar
Contorno facial

O contorno nada mais é do que uma técnica muito popular entre os maquiadores para aumentar ou diminuir regiões do rosto ou do corpo. Mas como isso é possível? A resposta é muito simples: com efeitos de luz e sombra, criados a partir de seu tom de pele, com produtos que vão de cores mais claras até as mais escuras, criando essa ilusão de óptica. O contorno facial é o mais conhecido e depois que as celebridades assumiram o uso da técnica, ganhou adeptas no mundo inteiro. 

Não só para embelezar, o contorno também é capaz de corrigir pequenos defeitos, mostrando um trabalho semelhante a de uma cirurgia plástica, só que apenas usando maquiagem. Você consegue afinar e levantar o nariz, diminuir o tamanho de testa e bochechas, além de levantar as maçãs do rosto. Porém, é importante levar em consideração o formato do rosto de cada um para fazer um contorno adequado e deixar a produção ainda mais poderosa.

Se você quiser se aventurar nessa técnica, há alguns detalhes que você tem de saber antes de começar:

1º - Conhecer seu rosto é muito importante para fazer esse procedimento sozinha. Então uma boa análise na frente do espelho é fundamental. Veja o que precisa ser destacado ou escondido. Uma dica é fazer uma foto só do rosto e analisar o que precisa ser corrigido e o que merece toda atenção. 

2º - Para um resultado mais natural, a maquiagem deve ser equilibrada e muito bem esfumada - ou seja, não pode haver marcas das divisões. Para isso acontecer, os produtos cremosos são fundamentais para dar definição e os com texturas em pó irão manter o efeito por mais tempo. Pincéis e esponjas são essenciais para aplicação e finalização.

3º - Os efeitos de luz e sombra trarão profundidade para as áreas: tudo que estiver com tons claros será destacado; já o que ficar nas áreas mais escuras terão aspecto mais profundo e escondido.

4º - Você pode usar produtos diversos para criar o contorno: corretivos, bases em bastão e até mesmo paletas específicas para a técnica. Lembre-se que irá precisar de um com 3 tons mais claro que sua pele e outro 3 tons mais escuro.

Veja como fazer um contorno facial em cada tipo de rosto:

Rosto ovalado  - Esse formato é considerado o mais fácil de fazer, pois precisam de poucos truques e correções, segundo os maquiadores. As linhas arredondadas são sutis e se caracterizam por ter as laterais e maçãs do rosto mais largos do que o maxilar, o queixo e a testa. 

Você irá usar o corretivo mais escuro para escurecer sob as maçãs do rosto e iluminar a área abaixo dos olhos e o eixo central da face, também conhecida como linha T - que segue pelo meio da testa, parte fontral do nariz e seguindo até o queixo.

Celebridades que são exemplos de rosto oval: Jessica Alba, Beyoncé e Luana Piovani.

Rosto quadrado  - O rosto com formato quadrado possui as regiões do maxilar e testa agulosos e marcantes, com uma fisionomia larga e forte. 

Para suavizar esses angulos e deixar a aparência do rosto mais leve e delicada, deve-se usar o corretivo escuro nas laterais da testa e do maxilar e iluminar o centro do rosto com o corretivo claro, além da parte frontal do nariz.

Celebridades que são exemplos de rosto quadrado: Angelina Jolie, Alinne Moraes e Isabeli Fontana.

Rostos triangular - Esse rosto lembra literalmente a figura geométrica, um triângulo, com a parte de cima de rosto (a testa) mais estreita do que a de baixo (o maxilar). 

Chamar a atenção para a linha dos lábios é um dos grandes truques para esse tipo de formato. Escurecer as laterais do maxilar com o corretivo e iluminar a testa e sob os olhos é a maneira perfeita de contorno.

Celebridades que são exemplos de rosto triangular: Olivia Palermo e Kylie Jenner.

Rosto coração - Esse formato é o oposto do triangular, ou seja, a linha da testa é mais larga do que a do maxilar e do queixo, que costuma ser mais alongado. Também conhecido como modelo coração, esse é o feitio do rosto de diversas famosas como .

A ideia do contorno para esse tipo de rosto é suavizar a diferença entre a parte de cima mais larga e a de baixo mais afinada do rosto. Para isso, a dica do expert em maquiagem é usar o corretivo para escurecer as laterais da testa e o maxilar, dando a impressão de um rosto mais fino por inteiro. Já o iluminador deve ser aplicado na "zona T", atraindo a atenção para essa parte.

Celebridades que são exemplos de rosto coração: Emma Watson, Reese Witherspoon e Giovanna Ewbank.

Rosto redondo - O rosto redondo é muito parecido com o rosto oval, porém, é mais largo nas maçãs do rosto e nas bochechas, sem  ângulos definidos nas linhas da testa e do maxilar.

Nesse caso, é interessante fornecer uma sensação de altura para o formato do rosto, tornando-o mais comprido. Para isso, escureça as laterais do rosto com o corretivo escuro e ilumine, com o corretivo claro, somente a parte central. 

Celebridades que são exemplos de rosto coração: Isis Valverde, Drew Barrymore e Miley Cyrus.

Depois de fazer as marcações, com os corretivos claros e escuros, é o momento de esfumar.

O modo mais fácil de garantir um resultado suave é dar leves "batidinhas" com um pincel ou esponja, por cima das marcações e espalhando os produtos. Não se deve esfregar a região, pois isso fará com que o efeito se apague.

Para um efeito ainda mais bonito, muitos maquiadores umedecem a esponja antes de fazer esse procedimento. Isso ajuda a dissolver os produtos e facilita no momento de mesclar uma cor na outra, deixando um degradê suave entre o claro com o escuro.

Você também pode usar uma terceira cor nesse caso, que fique entre o tom mais claro e o escuro, para fazer essa transição. Mas lembre-se de aplicar o mínimo possível para não perder todo trabalho já feito.

Na hora de finalizar, você pode usar o pó translúcido ou pós compactos nos mesmos tons dos corretivos usados. Porém, essa segunda opção é preciso cautela para as cores não ficarem muito fortes, e sim, você também deverá ter paciência e esfumar as regiões novamente para não ficarem marcadas.

Como retirar a maquiagem adequadamente

Como retirar a maquiagem adequadamente
Thinkstock/Getty Images
Como retirar a maquiagem adequadamente

Depois de passar muitas horas com a maquiagem, deixar a pele respirar é muito importante. Nem sempre é dado a atenção ideal para isso, deixando o cansaço tomar conta e retirando o make somente no dia seguinte, depois de dormi.

Porém, 10 minutos que sejam, são essenciais para quem gosta de maquiagem e quer manter a pele sempre bonita, livre de irritações e possíveis alergias. Dormir com resquícios de produtos cosméticos pode causar a obstrução dos poros, além do aumento da oleosidade da pele, resultando na aparição de espinhas e cravos. Os danos ainda se estendem aos cílios e sobrancelhas, que podem ter os fios ressecados, quebradiços e até com queda excessiva caso as máscaras não sejam retirado de forma adequada.

Outro fator negativo dessa ação é o envelhecimento precoce da pele. Porque é a noite que  o organismo trabalha duas vezes mais. Se a pele estiver limpa e hidratada, consequentemente terá uma aparência muito mais bonita e saudável.

Veja alguns passos simples para a remoção da maquiagem antes de dormir:

Passo 1 - Comece a higienização com lenço umedecido antes de mais nada, para tirar o excesso de maquiagem que há no rosto

Passo 2 – Com a ajuda do algodão ou de uma toalha macia, você irá aplicar o demaquilante ideal para a maquiagem que está usando e pele. Os produtos bifásicos, são feitos com óleos e ajudam a remover maquiagem à prova d'água. Pessoas com pele oleosa deve tomar cuidado com o uso do produto na rotina, para não prejudicar e desenvolver acne. Há também opções em creme, ótimas para a pele seca, e também versões mais leves a base de água, para peles mais sensíveis.

Passo 3 – Depois de remover a maquiagem com um demaquilante é importante lavar o rosto. Molhar o rosto com água fria ou um jato refrescante de água termal, ajudam a fechar os poros e ativar a circulação. Depois, com o rosto ainda umido, aplique um sabonete neutro e apropriado para o seu tipo de pele do rosto, massageando suavemente.

Passo 4 – Após a limpeza, é a vez de aplicar o tônico. Muito cuidado com as versões com álcool, podem deixar a pele ressecada, caso isso seja um problema. Uma opção é usar um adstringente também, para retirar qualquer tipo de resíduo que não tenha saído com a limpeza anterior.

Passo 5 – Finalize todo o processo aplicando um creme hidratante direcionado para o tipo de pele. Mesmo as peles oleosas precisam de hidratação, mas não pode ser qualquer produto. Massageie a área de forma delicada, fazendo movimentos circulares e pressionando as regiões de mais tensão do rosto.

Maquiagem artística

A maquiagem artística começou nas antigas civilizações passando por várias transformações e se reformulando até chegar às maquiagens que vemos na atualidade. Geralmente, encontramos a maquiagem artística em trabalhos cinematográficos, circenses e teatrais, onde há apresentações e requer um lado um pouco mais ilusório.

Mas não pense que a maquiagem artística está somente nesses lugares mais óbvios. Ela também é muito usada nas ocasiões mais rotineiras do que você pensa, como: em festas infantis, festas a fantasia, bailes de máscara, datas comemorativas e festas de debutantes.

É um estilo de maquiagem livre, sem muitas regras, e trabalha o lado criativo do maquiador. Para esse tipo de make-up, utilizamos materiais bem diferentes do que estamos acostumadas a ver e que estimular o lado lúdico de toda situação: colas, massas, pedrarias, tecidos, linhas e outras aplicações então entre eles para complementar.

Tudo vale para criar um personagem ou caracterização, o principal elemento dessa maquiagem é a criatividade. 

Maquiagem HD

A maquiagem HD chegou faz um tempo, mas ainda é um mistério para muitas pessoas e até mesmo alguns maquiadores que não sabem utilizar os produtos com essa tecnologia. 

Com a chegada das imagens digitais e de alta definição, que evidenciam mais as imperfeições da pele, a busca por métodos e itens de maquiagem que ofereçam maior cobertura aumentou. Quando se implementou a TV de alta definição, as espinhas e poros das famosas nunca antes vistos começaram a aparecer, e o mundo dos cosméticos teve que correr para desenvolverem uma opção à maquiagem tradicional.  Tanto que a maquiagem feita com airbrush – pistola que produz jatos de tinta – antes usada apenas no cinema, passou a ser utilizada também na televisão e em produções fotográficas, já que o resultado proporcionado é de mais uniformidade e menos falhas.

Acontece que não são apenas as famosas que estão expostas à estas imagens digitais – hoje todas nós temos câmeras digitais, e quando vamos em festas os equipamentos da equipe de foto e vídeo são de ótima qualidade. Ou seja, nós também precisamos de maquiagens HD. Foi aí que as marcas para consumidores finais começaram a desenvolver linhas específicas com tecnologia HD.

Mas, afinal, o que é a maquiagem HD? A maquiagem High Definition (HD), ou de alta definição, surgiu pra minimizar os efeitos da tecnologia HD no rosto que ficam evidenciados frente às câmeras. Com ela, marcas de expressão, manchas, olheiras e até poros, que antes eram ressaltados são “polidos” e reduzidos. São produtos produzidos com micropigmentos fotocromáticos quase imperceptíveis, de cobertura média à alta e de fácil aplicação, resultando em uma aderência natural à pele, dando a aparência de pele perfeita.

Os primers, as bases, corretivos, pós e blushes que possuem esta tecnologia têm alto poder de cobertura e deixam a pele impecável, disfarçando imperfeições (rugas, linhas de expressão, poros dilatados, manchas), além de não deixar a pele com um efeito carregado, graças à sua textura ultrafina, rápida absorção e acabamento seco. Sua resistência é maior que a maquiagem comum e é ótima para qualquer tipo de pele, principalmente para a oleosa.

Os preços são mais altos que as maquiagens convencionais – mas mesmo os preços sendo mais altos, os produtos são feitos pra durar bastante e serem usados em pequenas quantidades. Mas na dúvida de qual produto comprar, comece pele base, que será um item fundamental e que fará uma diferença maior no efeito da maquiagem.

Mitos e verdades sobre a maquiagem

A maquiagem pode ser considerada um ritual de beleza diário para muitas mulheres, podendo disfarçar e realçar o que mais gostamos ou não no nosso rosto e corpo. Porém, também é um assunto que gera muitas dúvidas e polêmicas sobre o uso de alguns produtos. Saiba quais são os maiores mitos e verdades antes de fazer a sua produção: 

O corretivo pode ressaltar linhas finas e rugas no rosto?

VERDADE : Isso pode acontecer com produtos de acabamento mais seco ou pelo excesso dele na pele. Para evitar esse tipo de situação, principalmente na região dos olhos, é hidratar bem a pele antes de aplicar o produto, ou escolher versões com hidratantes na formulação.

Qualquer sombra pode ser usada tanto seca quanto molhada

MITO : Geralmente, as sombras metálicas podem ser usadas com o pincel molhado com água, que ela secará depois e estará normal. Porém, não são todos os tipos que conseguem reagir da mesma forma, como as de efeito matificado. Uma boa saída para não estragar sua sombra é olhar as recomendações na embalagem do produto, evitando também a proliferação de bactérias caso esteja em um ambiente com umidade.

via GIPHY

O lápis preto não pode ser usado por quem tem olhos pequenos

MITO : Se você souber como usá-lo, pode sim! Se o lápis preto for aplicado na linha d'água, você irá criar uma ilusão de olhos menores. Prefira delineados rente a raiz dos cílios para abrir o olhar -  e sempre esfume para dar uma finalização com acabamento para o traço.

Base antes do batom pode aumentar a durabilidade da cor na boca?

VERDADE :  Você pode passar uma camada fina de base ou corretivo nos lábios para que a cor permaneça ainda mais tempo nos lábios. A textura e efeitos do batom também podem influenciar na durabilidade, os matificados, por exemplo, são mais difíceis de sair; já os cremosos precisam de retoques constantes.

Marrom é a cor ideal para preencher as sobrancelhas

MITO : Nem sempre o marrom é a cor ideal para preencher as sobrancelhas. Isso vai depender do tom de pele e cabelo de cada mulher. O certo é você procurar a cor que mais se assemelha aos fios, conseguindo assim um resultado mais natural.

BB cream é um bom produto para substituir a base

VERDADE : Por ter uma textura leve, hidratante e, em muitas marcas, com filtro solar, o BB cream pode sim substituir a base. Ele consegue igualar o tom da pele e é ótimo para dias mais quentes ou maquiagens que levam ao aspecto mais natural.

Você deve escolher um corretivo que tenha um tom mais claro que a sua pele
MITO :  Jamais! Se você tiver olheiras e colocar um corretivo mais claro que o tom da sua pele por cima delas, só irá destacá-las ainda mais. A melhor opção é você escolher um tom exatamente da mesma cor que a sua pele. Existem alguns corretivos coloridos no mercado que também ajudam esconder as olheiras, se optar por um desses use os amarelados para neutralizar e aplique um pouco de base por cima.

É possível remover a maquiagem com água e sabão?

VERDADE : Esse talvez seja o grande segredo e sucesso das águas miscelares. O sabão tem micelas que ajudam na remossão da maquiagem e assim, deixando o rosto limpo após o uso. Porém, o produto usado deve ser específico para o rosto, de preferência neutro, para não causar alergia.

Batom de cor escura pode envelhecer o look

MITO : Os tons fechados e mais escuros podem deixar o visual mais sóbrio, porém não necessariamente envelhecido. Deixar a pele iluminada e combinar com olhos mais leves também ajudam a equilibrar a produção.

Maquiagem mineral é mais indicado para quem tem pele sensível

VERDADE/MITO : Além dos minerais, esse tipo de maquiagem é livre de conservantes e fragrâncias, o que ajuda a ter uma aceitação maior por peles com tendência a alergias. Tambpém existem produtos completamente naturais, à base de frutas e outros extratos naturais, que também tem menor potencial alergênico.

O iluminador só deve ser aplicado em alguns pontos do rosto

VERDADE/MITO : O iluminador pode ser usados de diversas formas e aplicá-lo somente em alguns pontos do rosto é uma das opções. Desse jeito você consegue criar luz e sombra no rosto, destacando e escondendo pontos que gosta ou não. Outra forma é aplicar o iluminador antes da base, para dar mais luminosidade à pele, técnica muito usada por maquiadores internacionais.



Todas as notícias sobre Maquiagem