Luan Santana: tudo sobre a carreira do cantor

A trajetória, fotos e vídeos do sucesso meteórico do sertanejo que conquistou o Brasil

Luan Santana já soube o que era o sucesso na adolescência. O cantor, que desde os 3 anos de idade já chamava a atenção da família em Campo Grande (MS), subiu no palco pela primeira vez aos 16 anos e, aos 17, já tinha a agenda lotada de shows. Com um repertório dividido entre romântico e sertanejo, ele estourou e conquistou o Brasil.

Luan Santana
Reprodução/Instagram
Luan Santana

Trajetória

Ainda criança Luan Rafael Domingos Santana adorava músicas sertanejas e cantava para a família clássicos como “Muda de vida”; “Chico Mineiro” e “Cabocla Tereza”, numa precisão que impressionava quem ouvia. "A minha mãe tem vídeos onde eu cantava músicas inteiras com apenas três anos", contou Luan.

Luan Santana ainda criança, tocando violão na escola em que estudava
Reprodução
Luan Santana ainda criança, tocando violão na escola em que estudava

Animado, e para incentivá-lo ainda mais, o pai, Amarildo Santana , lhe deu de presente de Natal um violão.  "Coloquei embaixo da cama e bati na janela. Ele foi correndo e achou que era do Papai Noel", conta Amarildo, em um misto de orgulho e saudade. O menino correspondeu cantando e tentando tirar algumas notas musicais no instrumento.

Desde pequeno, o garoto também já ouvia e cantava as músicas da dupla Zezé Di Camargo e Luciano , do Trio Parada Dura e outros sertanejos como as duplas Tonico e Tinoco e Chitãozinho e Xororó . O tempo passou, mas seu gosto musical não sofreu alteração. "Não acredito que a música sertaneja seja moda. Para mim, é um estilo que as pessoas gostam desde muito cedo", explicou certa vez.

"Em intervalos na escola fazia showzinhos, levava violão para a aula, tocava na igreja, as pessoas me conheciam", recorda. O primeiro cachê, de R$ 50 veio aos 12 anos. "A primeira coisa que comprei foi um tênis, que guardo até hoje", recorda.  "Já com a primeira bolada de dinheiro que recebi comprei meu carro". Foi na virada dos 12 para os 13 anos que ele se destacou nos shows de talento da escola onde estudava, em Maringá (PR). Os amigos e a família insistiram e, aos 14 anos, ele realizou sua primeira gravação.

O cantor no colo da da mãe
Reprodução
O cantor no colo da da mãe

"Meus pais são de uma cidadezinha perto de Campo Grande (MS) chamada Jaraguari, tem cinco mil habitantes. Em um churrasquinho de familia um amigo levou um aparelho de MD (gravador amador) e gravei algumas músicas minhas. Elas começaram a tocar demais no meu Estado, o celular das pessoas tocava no mercado e era minha música!  Eu não gostei do CD, a qualidade do MD é muito ruim, chia demais. Quebrei e joguei no lixo. Mas meu amigo jogou  na internet  e começou a espalhar, as pessoas baixaram e estourou. Comecei a fazer shows por causa dessa música". contou em entrevista ao "The Noite com Danilo Gentili", referindo-se à inédita "Falando Serio" que passou a ser carro-chefe nas suas apresentações, sendo pedida nas rádios de Mato Grosso do Sul, Goiás, Rondônia e Paraná.

Foi só no dia 11 de agosto de 2007 que Luan Santana subiu ao palco pela primeira vez, na cidade de Bela Vista (MS); ele fora contratado para este show por conta do sucesso que fazia nas rádios da região com "Falando Sério". Sua agenda começou a encher, em meio aos estudos que precisavam ser concluídos. Em 2008, a explosão:  com agenda lotada durante todo o ano e sem tempo para entrar em estúdio e gravar o segundo CD, ele decidiu produzir o álbum ao vivo, gravando em diversas cidades do Brasil por onde se apresentava.

Duas músicas selaram de vez o sucesso em janeiro de 2009: "Tô de Cara" e "Meteoro" conquistaram o Brasil. Luan passa a ser desde então um dos artistas mais executados das rádios do Brasil e, em poucas semanas o vídeo "Meteoro" atinge a marca de 10 milhões de acesso no Youtube.

Luan Santana
Divulgação
Luan Santana

"A música vai mudando com o tempo como a gente. Talvez se eu gravasse 'Meteoro' hoje não aconteceria como aconteceu naquela época. O que as pessoas queriam ouvir naquela época é diferente do que querem hoje. Os tempos são outros", analisa.

Luan se mostra versátil. "Minha principal influência é a música sertaneja, mas escuto outras coisas. No meu Ipod, por exemplo, tenho músicas de Taylor Swift, Bruno Mars, McFly, Nickelback e outros", disse, alguns anos atrás. O lado compositor é bastante forte e se faz presente.

"Geralmente faço as músicas em cima de situações que acontecem comigo ou com amigos meus. Por exemplo, a música 'Chocolate' eu fiz depois que recebi uma carta de uma fã em que ela se declarava. Mas, em vez de escrever, ela colava o papel dos bombons como, por exemplo, você é o meu... e colou o papel do sonho de valsa", diverte-se.

As canções românticas passam pelo mesmo processo. "Sempre gostei de falar de amor nas minhas músicas, de uns tempos para cá isso acontece de uma forma mais profunda. No começo da carreira eu era mais menino, tinha 17 anos, falava de amor de uma forma mais leve, superficial, do amor dos outros.Eu escrevia o que eu sentia e o que passava. Hoje tenho mais experiência, segurança, componho coisas mais profundas", avaliou, em entrevista para Xuxa Meneghel.

Luan Santana novinho, ainda no início da carreira
Reprodução
Luan Santana novinho, ainda no início da carreira

Com o sucesso das músicas do segundo CD, Luan cantou para 50 mil pessoas, na Festa do Peão de Barretos. Em 2009 chega a hora de quebrar todos os recordes de público pelas cidades onde se apresenta, aumentando o número de fãs pelas cidades em que passa. Elas costumam estar presentes em massa nos shows e na porta dos hotéis ou emissoras de TV em que o cantor estiver.

"Eu tive a sorte e o azar de ter acontecido muito cedo, tinha 17 quando minha música estourou no Brasil inteiro. O Brasil teve a oportunidade de ver cada passo, e a cada projeto que eu lançava amadurecia um pouco. É muito difícil, era muito jovem, não tinha experiência com nada, estava convivendo com as coisas a partir daquele momento, na noite tem jeito de tudo o que é tipo, tive que lidar com tudo muito cedo. Sofri um pouco, mas considero que tudo o que cresci nesses 8 anos em uma profissão normal não cresceria em 30 nem 40 anos", confessou em entrevista a Marília Gabriela. 

A agenda atinge a marca de 300 shows por ano, com uma média de 25 apresentações por mês. Músicas em novelas, participações em praticamente todos os programas de TV e muitas novidades vieram a partir de então. "Hoje meu pensamento mudou, a minha segurança, hoje sou mais seguro com o que faço, com relação a tudo. Acredito muito mais em mim", afirma Luan

Luan Santana passou mal em 2011, enquanto se apresentava no Festival de Verão de Salvador
Divulgação
Luan Santana passou mal em 2011, enquanto se apresentava no Festival de Verão de Salvador

Susto 

Em 2011, no Festival de Verão de Salvador, uma queda de pressão durante a apresentação fez Luan sair do palco e precisar deixar o evento, sendo atendido em uma ambulância. "Era minha primeira vez em Salvador e, infelizmente, aconteceu isso", lamentou ele, que em setembro do mesmo ano se apresentou no Brazilian Day, para vários brasileiros nas ruas de Manhattan, nos Estados Unidos, batendo o recorde de público do ano anterior com mais de dois milhões de pessoas lotando a Sexta Avenida em Nova York. Foi o primeiro show de Luan Santana fora do Brasil. “Fiquei muito feliz de encontrar brasileiros que estão tão longe de nossa terra. Levamos um pouco do que está acontecendo em nosso país com música sertaneja”, declarou, na ocasião.

Fãs

Em 2014, ele já era o sertanejo com o maior número de seguidores no Instagram , e este número não para de crescer em todas as redes sociais.  "Em todo canto que a gente fica as fãs descobrem onde é, estão sempre atrás. Já fizeram de tudo, se jogam, apertam, arranham, machucam. E pedem autógrafos em lugares que não posso falar". Elas já se esconderam dentro da van, invadiram hotel...  Uma vez estava deitado assistindo TV no primeiro ou segundo andar e ouvi baterem na janela, a hora que olhei tinha uma fã com a cara na janela pedindo para entrar", recorda.

Antes da fama, apresentações na escola e para amigos da família
Reprodução
Antes da fama, apresentações na escola e para amigos da família

Os presentes também são inusitados. "Ganho tudo que você possa imaginar: calcinha, sutiã, cachorro, gato, coelho, peixe...". Em toda cidade que faz show, ele as recebe no camarim. "A gente entrega cerca de 20 pulseiras na mão do contratante que dão acesso ao camarim e outras dez são sorteadas para os fã-clubes da cidade.

A perseguição lhe tira a privacidade. "Tem momentos que quero fazer alguma coisa e não posso, é a única coisa chata. É bem complicado, mas logo passa quando a gente vê o tanto de bem que faz para as pessoas."

Entre as revelações que já fez na TV, o cantor já disse que perdeu a virgindade aos 16 anos e que ficou com fã. 

Polêmica com personal

No final de 2013,  Luan Santana ficou irritado com fãs que fizeram uma campanha pedindo a demissão de seu personal trainer, Augusto Oguido, responsável por deixa-lo mais musculoso. O problema não era sua nova forma física: as luanetes , como são chamadas, reclamavam que o profissional não deixava que elas chegassem perto do cantor.

Personal de Luan caiu em desgraça junto às fãs do cantor e acabou afastado
Reprodução/Instagram
Personal de Luan caiu em desgraça junto às fãs do cantor e acabou afastado

Revoltadas, as fãs criaram páginas no Twitter e no Facebook usando a hashtag #ForaGutão, divulgando inclusive um vídeo no qual ele tenta impedir a todo custo que uma admiradora tire uma foto ao lado do sertanejo.  Luan foi às redes sociais reclamar da situação, já que começavam a surgir até rumores de um possível envolvimento entre os dois.

Veja a íntegra do que ele disse:

"Faltam palavras para expressar o quanto estou chateado com tudo que li sobre a minha equipe de staff e minha vida pessoal. Sei que é uma parcela que pensa desta forma, por isso não se sintam ofendidos (as) ou generalizem o meu desabafo.

Todos os meus profissionais são extremamente dedicados e presentes em minha vida. O staff (galera mais próxima) tem de estar junto diariamente. Eu sei da seriedade e dignidade de cada um que está do meu lado. Sobre a minha vida pessoal, tenho absoluta convicção da minha postura, educação, valores e fé em Deus! Em qual momento deixei de ser a mesma pessoa com os meus fãs? Nunca, repito NUNCA deixei de atender meus fãs, e sempre com um sorriso no rosto porque foi um presente que Deus me deu... Tenho certeza que nunca vou conseguir retribuir tanto amor, mas enquanto isso vou tentando.

Namorar, terminar namoro, ficar, passear, curtir... Tudo isso é normal, saudável e faz parte da vida de todo homem, em especial na idade em que estou. O livre arbítrio existe. E tenho o direito de ir e vir como todos vocês. Do mesmo jeito que torço pela felicidade de cada uma de vocês, peço que também entendam as minhas vontades e sentimentos.

Amo vocês, amo as pessoas que são maduras o suficiente para entender que, quem ama, deixa viver. E julgar cabe a Deus. Não julguem injustamente. Equívocos magoam, machucam. E eu - como vocês- -  tenho o direito de ser feliz.

Luan Santana ficou mais forte e mudou o visual com o passar dos anos
Reprodução
Luan Santana ficou mais forte e mudou o visual com o passar dos anos

Família

O pai contou no programa "Eliana" em 2015 como é a relação de Luan com a família após o sucesso. "Já fiquei meses sem vê-lo, às vezes a turnê dele é longa, mas pra não ficar tão distante a gente vai a alguns shows. O horário dele é complicado, ele dorme às 6h da manhã e acorda 4h30 da tarde", disse Amarildo, revelando que mesmo assim ele é bem presente.

Luan Santana ao lado do pai, Amarildo, que cuida de sua carreira e o acompanha sempre que possível
Reprodução/Instagram
Luan Santana ao lado do pai, Amarildo, que cuida de sua carreira e o acompanha sempre que possível

"Por incrível que pareça tudo o que ele vai fazer ele me liga, me consulta. Eu procuro passar o que aprendi e ele me ouve bastante. A mãe orienta muito ele. O Luan tem uma cabeça muito boa, a gente conseguiu passar o que aprendeu para ele e parece que ele entendeu o recado", orgulha-se 

Amarildo conta que não há atritos entre Luan e a irmã mais nova, Bruna. "Tenho dois filhos abençoados, eles se entendem. Nunca vi discutirem, acho que até pela distância, eles ficam longe e não dá tempo de brigar (risos)". Ele também se orgulha da criação que deu ao garoto. "Meus pais se separaram quando eu tinha 16 anos, passei um pouco de necessidade, mas graças a Deus não deixei meus filhos passarem o que eu passei", disse.

No "Domingão do Faustão" em 2013, ele não mediu elogios a Amarildo. "Meu pai é aquele tipo de pai superprotetor, desde o começo da carreira sempre se preocupou muito com as pessoas que rodearam a gente. A maioria das pessoas que vão chegando depois de você acontecer são para te sugar, tomar alguma coisa de você. Meu pai sempre esteve ali, tomando cuidado com todo mundo que me rodeasse. E ele sempre trabalhou com outra coisa, não tinha nada a ver com música.Mas assim que começou a dar certo as coisas eu disse “pai, você é a melhor pessoa para estar aqui do meu lado. Larga o que tiver que largar aí que eu não confio em mais ninguém que não seja você. Além do papel de pai ele teve de se inteirar das coisas. Claro uqe hoje tudo se divide, a maioria das coisas eu que decido junto com ele, ele vai me dando conselhos. Sempre bom ter o pai da gente do lado".

Amarildo retribuiu o carinho. "Eu guardo coisa do Luan até hoje que talvez imaginem que eu nem tenha guardado. A primeira ultrassom, o exame do pezinho, a pulseira da maternidade. A minha esposa costuma dizer que a gente acha que tem preocupação com o filho quando ele era criança. A preocupação é quando cresce, porque você está longe às vezes, acorda, olha na cama ele não chegou ainda, então a gente tem saudade do tempo de criança quando a gente dormia do lado dele, a gente ia deitar junto".

Luan Santana já falou sobre a carreira em vários programas de TV, nos quais vai com frequência
Reprodução
Luan Santana já falou sobre a carreira em vários programas de TV, nos quais vai com frequência

Ele se orgulha do rapaz que criou. "Quando criança eu passei para ele tudo o que eu tinha, o que ganhei de presente que meu pai foi a educação, a ética, a conduta, a crescer sem pisar nas pessoas, e ele não só aprendeu tudo isso, porque a música na noite, para quem não tiver cabeça vai para o vício, para a droga, para a bebedeira... o Luan não só ouviu tudo isso o que eu passei como praticou tudo isso, a bondade, o coração enorme... ele é um guerreiro, supera todas as críticas que ele recebe, é um grande vencedor e queria dizer que eu me inspiro nele para continuar vivendo”.

"Meu pai sempre deixou em primeiro plano o estudo. Terminei o segundo grau, mas quando me inscrevi no vestibular de biologia – sou apaixonado por bicho, mato , escolhi fazer show. Se não desse certo cantar eu iria estudar, faria Biologia ou Publicidade e Propaganda, gosto das duas coisas", explica.

Vida amorosa

Em 2012, Luan Santana assumiu o namoro com estudante de moda Jade Magalhães . Os dois terminaram o romance, mas reataram em outubro de 2015, terminando novamente em junho de 2016. "A gente se conheceu num show que eu fiz em Mato Grosso muito antes de eu ficar famoso e alcançar o sucesso, e sempre ficamos em idas e voltas, sempre se falando sem se afastar muito", disse em entrevista a Xuxa, contando o que a atraía na estudante. "Sempre procurei ver minha mãe na pessoa que eu for me relacionar. Vejo maternidade na Jade, de querer cuidar da casa ao mesmo tempo que tem sua independência, faz faculdade".

Em 2013, no Domingão do Faustão",  Jade contou como eles se conheceram. "Eu estava em frente ao palco, ele me chamou para dançar, dançamos. Achei muito divertido, nunca tinha feito isso. Mas no momento que eu estava dançando não tinha pretensão nenhuma. Era para ser, né.?Todo cantor tem fama de pegador e meu medo era esse, não queria ser mais uma na vida dele e tinha medo de gostar e sofrer", recorda.

Ela aproveitou a ocasião para se declarar. "As pessoas que ficam perto da gente conseguem sentir que tem verdade, sinceridade, é um sentimento muito puro. A minha música representa tudo o que sentimos um pelo outro".

Luan explicou a canção que compôs para a amada. "Essa música dela eu fiz quando a gente estava brigado, e é assim que sai a melhor moda".

Luan Santana e Camila Queiroz na gravação do DVD 1977, com direito a momento romântico e beijo na boca
Instagram / Reprodução
Luan Santana e Camila Queiroz na gravação do DVD 1977, com direito a momento romântico e beijo na boca

DVDs

Do dia 15 a 18 de agosto de 2016, Luan Santana gravou seu DVD com a presença de vários famosos no palco, em um estúdio do Pólo Cinematográfico de Paulínia, no interior de São Paulo, como Anitta, Ivete Sangalo, Ana Carolina, Sandy, a cantora e compositora sertaneja Marília Mendonça e a atriz Camila Queiroz, a Mafalda da novela "Êta Mundo Bom". Durante o dueto, os dois se beijaram na boca.

"Ela cantou a música (do filme) ‘Jogos Vorazes’ no Snapchat, mas fiquei surpreso quando ela me disse que era dublagem. Mesmo assim fiz o convite e ela ficou surpresa. Camila mostrou uma leveza na voz muito linda, saindo da alma como é o jeito dela”, contou Luan.

O DVD "1977" faz referência ao ano de criação do Dia Internacional da Mulher pela Organização das Nações Unidas (ONU) e por isso nele o cantor solta a voz em parceria com grandes artistas femininas. 

Já para o "Acústico", a preparação foi outra. "Eu me dediquei 8 meses. Fico um ano e três meses mais ou menos com cada trabalho. Nunca paro de compor, sempre estou fazendo música. Elas tocam em mim, tem algo a dizer, e se você acredita nisso toca o coração das pessoas. Componho a partir das 2h, antes disso não nasce nada", disse, em entrevista para Marília Gabriela em agosto de 2016.

Luan Santana faz sucesso desde os 17 anos e parece ter uma carreira ainda bastante promissora
Reprodução
Luan Santana faz sucesso desde os 17 anos e parece ter uma carreira ainda bastante promissora

"Um disco de participações teria de vir entre um trabalho e outro. Isso depende da agenda das pessoas, se eles querem gravar comigo ou não. Mas escolheria meus ídolos, que são Ana Carolina, Roberto Carlos, Fábio Jr, Nando Reis, Zeca Baleiro ."... enumera.

"Tenho gostado mais de shows menores, o jeito que você fala com 30 mil pessoas é diferente de 2 mil. Você pode falar no mesmo tom, não precisa gritar. Não digo que um próximo álbum possa ser intimista, pode ter mais gente e ser um show maior. Musical é uma coisa que tenho vontade de fazer também. Rolaram algumas idéias assim, mas nada que eu me identificasse muito".

Estilo e curiosidades

Luan fala como foi definir o ritmo que cantava. "As pessoas desde o começo diziam para mim nos corredores e camarins que o som que eu fazia não era sertanejo, era mais pop, rock. Não importa o que é, é música falando de amor, música que eu escrevi, botei meu coração nela. As minhas influências são sertanejas, eu nasci em Campo Grande, berço da música sertaneja. A gente vai trazendo estilos para a música, que vai mudando. Rotular limita demais. Esse público novo que passou a ouvir a música sertaneja e ver de perto o show no palco veio só para somar", avalia.

Quanto às dúvidas que surgiram no público logo que estourou, encara com tranquilidade. "Nunca entendi porque as pessoas ficam com o pé atrás com o sucesso. Hoje não mais, mas antes eu via e fazia de tudo para esquecer e tentar seguir. É normal no começo duvidar se vai durar, se vai ser um cara de uma música só, duas ou três", contou à apresentadora.

O visual foi mudando. "Eu espetava demais o meu cabelo, passava muito spray, daí quis mudar, só passar o secador ou pomada. Tenho academia em casa, mas treino fora também", afirma, sobre os músculos que ganhou.

Entre os ídolos internacionais estão Justin Timberlake e Bruno Mars . "Sou fã desses artistas, considero o Justin o cara mais completo que temos hoje no mundo, serve de inspiração para todos nós. Gosto muito de Coldplay também, trouxe elementos para as minhas músicas".

Luan apareceu entre os 30 mais influentes do país em 2013 e 2014, em lista da revista "Forbes". "Não tive tempo de respirar, de pensar em tudo de bom que está acontecendo. Sempre sonhei em viver da minha música, sempre gostei muito e sonhei em viver dela desde que nasci , meu dia é cheio de música, não vivo sem.

O lado caridoso é evidente. "A gente artista, que está em evidência, tem mais do que obrigação de ajudar as pessoas. Já foi o tempo de as pessoas esconderem  o que fazem para ajudar o próximo. Ajudo não só pelas solititações, eu prometi à minha mãe que ajudaria uma instituição que auxilia pessoas com câncer. A gente tem que falar que ajudar mesmo".

Trabalhar em família é a melhor coisa, garante. "Meu pai trabalha comigo e minha mãe montava os looks, era minha personal stlylist. A gente tem um ônibus e uma carreta na estrada para os shows".

Sem tirar os pés do chão, ele se maravilha com as viagens internacionais.  "Nova York foi incrível, cantei no Brazilian Day no meio de dois prédios enormes, fica aquele corredor de gente. Lá eles cantavam tudo, isso me surpreendeu. No (DVD) 'Ao Vivo no Rio’ eu voava. Levamos isso para lá e eu não conseguia ver onde acabavam as pessoas"

Luan também passou pela Europa. "Cantei em Portugal, Londres... tocar em outro país é muito legal. Mas tenho shows demais, não dá para ficar mais de quatro dias fora do país". Os planos internacionais, no entanto, não estão descartados.  "Quero gravar um disco em outra língua, provavelmente em espanhol. Inglês eu já falo legal,mas quero falar melhor ainda".

Uma das únicas regras que determina se o artista vai acontecer ou não é a identidade vocal. Quanto a isso sou mais tranqüilo, é aquela coisa de estar mudando a estação de rádio e assim que houve uma música, o locutor não falou o nome mas você sabe quem é o cantor. Se o cara não tem isso, nem acontece. Se é parecido com outro, se não tem identidade, brilho, não sai do lugar. Acho que não canto parecido com ninguém".

Ele fala de seu amadurecimento. "A correria me forçou a crescer muito em pouco tempo. Vi muita coisa errada, decidi meu próprio caminho". Os rumores sobre sua sexualidade também já foram questionados. "É normal passar por isso. Sofri muito no começo, pois sou homem demais, gosto de mulher. Tem os invejosos, machistas que não gostam da namorada cantando todas as minhas músicas e falam isso", declarou, em 2010, também a Marília Gabriela.

Quanto à fama de galã, desdenha. "Não me acho bonito, quero estar bem comigo mesmo. Eu me acho normal. E não gosto de pelo na cara, sempre depilei com cera. Quando nasce já tiro com a pinça", disse, no mesmo ano. Atualmente, ele ostenta barba e bigode

Nova turnê

 "A Caixa" é o nome que batiza a nova turnê de LuanSantana, remetendo ao fato de que a vida é uma “Caixinha de surpresas” para todos nós.  Segundo a assessoria do cantor, "A Caixa" está relacionada também à atenção que Luan historicamente dedica aos fãs. O teaser #LuanACaixa foi o assunto mais comentado do Brasil no Twitter por mais de 12 horas no dia 11 de abril, quando foi lançado. Fãs de todo o País buscavam pistas e movimentaram as redes sociais com suas suposições. 

No repertório, "Chuva de Arroz", "Cê Topa" e "Eu Não merecia Isso". Depois desses sucessos, ele apresenta o conteúdo da Caixa Surpresa a todos os presentes. Daí vem "Tanto Faz", "Um Ser Só", "Um Beijo", "Nega" e "Amar não é Pecado", com nova sessão da Caixa Surpresa. Desta vez, a interação é com os backings, que preparam um show à parte. 

Luan então volta ao palco com figurino renovado para um momento pra lá de romântico com "Te vivo", "Tudo o que Você Quiser", "Meteoro" e "Te Esperando". Em meio à iluminação com efeitos até no teto do palco, ele engata um pou-pourri com "Sinais", "Você Não Sabe o que é o Amor" e "Digitais". O coral espontâneo formado pelo público garante ao show um de seus ápices com "Sogrão Caprichou", "Química do Amor" e "Tudo o Que Você Quiser". 

Depois de mobilizar e emocionar os fãs com as surpresas e p repertório de sucesso, Luan Santana surge na grua, sobrevoando o público e cantando "Escreve Aí". No teaser do show, ele conta uma historinha que, de certa forma, serve como pista da nova turnê. “Era noite de Natal.  Eu tinha 5 anos de idade... enquanto crianças sonhavam com bolas de futebol, bicicletas e trens elétricos, eu queria um violão. Um violão que voasse, que me levasse pro topo do mundo, queria passar noites abraçado com ele e voaríamos juntos pra onde a gente quisesse. Teve gente que chegou em mim e falou que era impossível um violão voar, mas se tem um coisa que eu aprendi é que nada é impossível nessa vida. Quando chegasse a hora voaríamos juntos pra onde a gente quisesse, sem ter hora pra voltar. Nós voaríamos juntos onde todo mundo pudesse me ouvir cantar”.

Músicas de sucesso

Luan Santana estourou com as seguintes músicas:

"Tô de Cara"

"Meteoro"

"Você não Sabe o que É Amor"
"Sinais"
"Adrenalina"
"Química do Amor" (part. Ivete Sangalo)
"Um Beijo" 
"Amar Não é Pecado"
"As Lembranças Vão na Mala" 
"Nêga"
"Você de Mim Não Sai"
"Incondicional"
"Te Vivo" 
"Sogrão Caprichou"
"Te Esperando"
"Garotas Não Merecem Chorar"
"Tudo Que Você Quiser"
"Cê Topa"
"Tanto Faz"
"Eu Não Merecia Isso"
"Escreve Aí"
"Chuva de Arroz"
"Cantada"
"Eu, Você, o Mar e Ela"

Canções em trilhas de novela:

Meteoro" -  "Malhação"  (2010) 
"Adrenalina" - "Araguaia" (2010)
"Amar Não é Pecado" - "Morde & Assopra" (2011)
"Você de Mim Não Sai" - "Avenida Brasil" (2012)
"Tudo Que Você Quiser" - "Malhação" (2014)
"Escreve Aí"- "I Love Paraisópolis" (2015)
"Cantada" - "Malhação: Seu Lugar no Mundo" (2016)
"Garotas Não Merecem Chorar" - Haja Coração  (2016)

Participações em música como artista convidado

- "Certos Detalhes" (Conrado & Aleksandro part. Luan Santana) – Conrado & Aleksandro - Ao Vivo (2011)
- "Everest" (Fernando & Sorocaba part. Luan Santana) - Acústico na Ópera de Arame
- "Hoje Não" (Thaeme e Thiago part. Luan Santana ) - Perto de Mim (2012)
- "Cuidado Cupido" (Péricles part. Luan Santana )
- "Porto do Amor" (Maná part. Luan Santana ) – Sensações (2013)
- "Bailando" (Enrique Iglesias part. Luan Santana) - Sex and Love (2013)
- "Chuvas de Verão" (José Augusto part. Luan Santana) - Apenas Single (2014)
- "Longe Daqui" (Munhoz & Mariano part. Luan Santana) - Nunca Desista - Ao Vivo No Estádio Prudentão (2014)
- "Cartório" (Claudia Leitte part. Luan Santana) – Sette (2015)

Agenda de shows:

Veja os shows de Luan Santana marcados para setembro de 2016: 

2 - Expoagro -  Unaí (MG)

3 - Festeja - Niterói (RJ)

4 - Vaquejada da Serrinha (BA)

7 - Expoagro - Itapemirim (ES)

8 - Exposerra - Tangará da Serra (MT)

10 - Arena Music - Conselheiro Lafaiete (MG)

11 - Vila Mix Festival - São Paulo (SP)

17 - Festa do Cavalo - Marilac (MG)

23 - Hangar Eventos - Tubarão (SC)

24 - Arena Jaraguá - Jaraguá do Sul (SC)

 Homenagens

Em 2013, Luan Santana foi homenageado no “Arquivo Confidencial” do “Domingão do Faustão” e se acabou de chorar ao ouvir declarações de grandes nomes do sertanejo sobre ele. Veja o que cada um disse:

Daniel: "O grande diferencial do Luan é que ele é um menino precoce, ele já nasceu com esse talento musical, não tem como não dar certo".

Leonardo :  "Dentro dessa nova geração da música sertaneja temos vários artistas no sertanejo universário, que o Brasil inteiro abraçou com muito carinho. E o Luan Santana é um dos responsáveis por essa ascensão, por essa explosão da música sertaneja universitária".

Zezé Di Camargo : "Ele conhece muito de sertanejo, e não só do atual, do sertanejo de verdade, de todos os tempos. E eu fiquei muito surpreso quando ele me apresentou uma música para cantar com ele, que é 'Inquilina de violeiro', e 'amor distante', sucessos desde antes da minha geração. Tocamos juntos, foi um momento emocionante para ele, e muito mais para Zezé Di Camargo e Luciano. Ele comentava que queria ser o Zezé Di Camargo. Eu vou inverter a situação: Quando eu crescer, eu quero ser Luan Santana”.

Prêmios

Luan atualmente está concorrendo em três categorias no Prêmio Multishow de Música Brasileira 2016. As categorias serão decididas por votação popular no site do canal até a véspera da cerimônia, que acontece dia 24 de outubro. Os vencedores serão divulgados ao vivo, numa festa apresentada por Fábio Porchat e Tatá Werneck .

Veja alguns dos prêmios que o Luan Santana já ganhou ao longo da carreira:

2016

Troféu Imprensa (Melhor Cantor)

Troféu Internet (Melhor Cantor)

2015

Melhores do ano (Melhor Cantor)

Prêmio Multishow da Música Brasileira: Melhor Clipe TVZ  ("Escreve Aí") e Música Chiclete ("Eu Não Merecia Isso")

Meus Prêmios Nick:  Cantor Favorito e  Música do Ano ("Escreve Aí")

Capricho Awards: Cantor Nacional e  Hit Nacional ("Escreve Aí")

Troféu Internet (Melhor Cantor)

2014

Melhores do ano (Melhor Cantor)

Prêmio Multishow da Música Brasileira (Melhor música: "Tudo o que você Quiser"

Meus Prêmios Nick: Cantor Favorito; Música do Ano ("Tudo Que Você Quiser") e 
Personalidade Nacional Favorita

Troféu Internet (Melhor Cantor)

2013 

Melhor cantor:

- Troféu Imprensa

- Meus Prêmios Nick

- Melhores do ano

2012

• Cantor do ano - Melhores do Ano do Faustão 2012

• Cantor favorito - Meus prêmios Nick 2012

• Indicação ao Grammy Latino 2012 como melhor álbum sertanejo

• Hit do ano com a música Te vivo - Capricho Awards 2012

• Artista mais indicado no Prêmio Multishow 2012.

2011

• Melhores do Ano 2010 (Faustão) - Música do Ano (Meteoro) e Cantor do Ano

• Prêmio Multishow 2011- Melhor Show

• Meus Prêmios Nick 2011- Melhor Cantor

• Meus Prêmios Nick 2011- Melhor Música (Um Beijo)

• Premio licensing Brasil - Melhor licenciamento/ categoria celebridade

• Trofeu Imprensa 2011 - Revelação do Ano

• Troféu Internet 2011 - Revelação do Ano

• Troféu Internet 2011 - Melhor Cantor

• Prêmio Jovem Brasileiro 2011 – Melhor Cantor Jovem

2010

• Indicação ao Grammy Latino 2012 como melhor álbum de música sertaneja.

• Melhores do Ano 2009 (Faustão): Revelação do Ano

• Prêmio Multishow 2010: Revelação do Ano

• Meus Prêmios Nick 2010: Cantor do Ano e Música do Ano (Meteoro)

• Prêmio Música Digital 2010: Música do Ano e Música mais vendida, categoria sertanejo.

• Prêmio Vaga lume 2010: 1º lugar nas 3 categorias disputadas: Melhor Site, Melhor Rede Social (Twitter) e Melhor Blog de música.

• Prêmio Jovem Brasileiro 2010 - Melhor Cantor Jovem

• Trofeu "Embaixador do Rodeio de Barretos

• Top TVZ – Melhor artista nacional

Todas as notícias sobre Luan Santana