Jogos online: de Doom ao LOL

Os jogos online quebraram um paradigma de distância na forma de diversão de crianças, jovens e adultos.

Brasil Econômico

Os jogos online, como o nome já sugere, são aqueles que necessitam da internet para serem executados e utilizados pelos usuários. Seja pelo computador, pelos video games surgidos nos anos 2000 ou pelos smartphones, os games conectam jogadores do mundo todo sem que seja necessário sair de casa.

LEIA MAIS: Conheça os jogos online do iG

Tudo em tempo real, como se o outro estivessem [os jogadores] lado a lado, de forma que a categoria jogos online quebrou um paradigma de distância na forma de diversão de crianças, jovens e adultos.

Imagem de um cyber café na China mostra a influência dos jogos online sobre a juventude do século XXI
Reoprodução/Twitter
Imagem de um cyber café na China mostra a influência dos jogos online sobre a juventude do século XXI

Os primórdios dos jogos no período pré-internet

Os primeiros jogos online comerciais começaram a se tornar públicos em 1989. Bem diferente do que se observou a partir dos anos 2000, eles eram focados na ligação direta local ou, às vezes, até internacional.

Apple I (jogos) 

Os  jogadores se conectavam entre si por meio de linha telefônica, fazendo uma espécie de chamada para casa um do outro através do modem dos computadores. O primeiro jogo online foi lançado para o Apple I (primeira geração de computadores da fabricante da maçã, de Steve Jobs): era uma versão de xadrez adaptado, que acompanhava o sistema Java Connect. Mas havia um grave problema: a conta telefônica exorbitante que provavelmente chegaria para um dos lados, além de ocupar a linha do telefone fixo, altamente utilizado na época.

Bulletin Board System (BBS)

O Bulletin Board System foi o início do desenvolvimento da internet como conhecemos hoje
Reprodução de Internet
O Bulletin Board System foi o início do desenvolvimento da internet como conhecemos hoje

Este sistema foi o passo subsequente para chegarmos ao que se tem hoje. Em meados de 1992, os jogos via BBS, já começavam a se popularizar. A plataforma era criada por qualquer usuário, que era entitulado o SysOp (System Operator) daquele pequeno universo e, a partir daí, tudo funcionava da seguinte maneira: ao se conectar ao BBS, o usuário fazia contato com vários outros computadores em qualquer lugar do mundo. Na época, ainda só era possível jogar com um deles — aquele que possuísse a máquina mais potente.

LEIA MAIS:  INTZ foi o vencedor da primeira etapa do campeonato brasileiro de LoL

No entanto, a novidade de fazer parte de uma comunidade, conversar e escolher com quem jogar criou um mundo de novas perspectivas, mais especificamente criou a ideia do multiplayer (vários usuários jogando simulteamente). Jogos clássicos como Doom, Descent e Jane's F-15 surgiram nesse estágio. O progresso dos BBBs podem ser exemplificados pelos famosos serviços como Compuserve e America Online, que trouxeram novas modalidades de acesso à internet.

Doom

Era da Internet (de verdade)

Continuando na linha do tempo: foi a partir de 1995 que as vantagens da internet começaram a se tornar mais atraentes e factíveis no âmbito de jogos. Alcance mundial e gratuidade para jogar: com essas duas prerrogativas, as empresas desenvolvedoras de jogos ganharam força para lançar continuações de franquias como Doom 2 e Descent 2 e diversos outros games. 

Descent 2

 Banda Larga

Quake foi o precursor do gênero FPS (jogos online de tiro em primeira pessoa, em tradução livre do inglês), que virou febre no mundo todo
Reprodução de Internet
Quake foi o precursor do gênero FPS (jogos online de tiro em primeira pessoa, em tradução livre do inglês), que virou febre no mundo todo

Banda Larga

Lembra de Doom e outros "jogos de tiro" surgidos na era antes da internet? Foi esse gênero, de combate em primeira pessoa (FPS - First Person Shooter, na sigla em inglês) que continuou em alta e deu as diretrizes.  O primeiro Quake pode ser apontado como um símbolo do sucesso de jogos online que viria nos anos seguintes, com Half-Life, Counter Strike, Battle Field, entre outros. 

Counter Strike

MMORPG (Massive Multiplayer Online Role Playing Game)

League of Legends, conhecido pela sigla (LOL), é o jogo online mais popular em todo o mundo
Divulgação
League of Legends, conhecido pela sigla (LOL), é o jogo online mais popular em todo o mundo

Passada a febre dos jogos FPS, vieram os MMORPG (Massive Multiplayer Online Role Playing Game). São os jogos do gênero RPG que começaram a reunir milhões de usuários fiéis a partir da década de 2010.

LEIA MAIS: Confira aqui os reviews dos eletrônicos mais populares

Neste estilo, tendo como o maior expoente League of Legends (LOL), os jogadores entram em um mundo virtual — quase sempre de temática medieval — e podem jogar com milhares de outros jogadores de todas as partes do mundo. A exemplo de outros jogos que surgiram no meio do caminho, os RPGs são comumente monetizados a partir de mensalidades que oferecem ao jogador vantagens extras, privilégios e até mesmo prestígio dentro daquele mundo virtual.  

League of Legends (LOL) - Um guia para iniciantes

É uma nova era dos jogos online, definitivamente. Equipes, campeonatos, competições e até transmissões ao vivo de alguns torneios tornam elevam a interação entre os jogadores a um outro nível. Nessa etapa, jogadores são conhecidos pelos apelidos virtuais ou pelo nome real, em algumas situações. Para muitos jogadores, que são quase celebridades, o jogo virtual virou profissão. O mercado de games online em 2015, por exemplo, já esperava uma movimentação na casa de US$ 100 milhões.

Principais campeonatos pelo mundo

Grandiosidade do Campeonato Mundial de League of Legends (LoL) mostra o tamanho da importância do evento para os fãs do e-Sport
Divulgação
Grandiosidade do Campeonato Mundial de League of Legends (LoL) mostra o tamanho da importância do evento para os fãs do e-Sport

League of Legends World Championship

É o campeonato internacional do game mais famoso da atualidade, League of Legends (LoL). Organizado pela empresa norte-americana Riot Games, o torneio ocorre uma vez ao ano com as equipes batalhando pela Taça do Invocador e pelo prêmio de aproximadamente US$ 1 milhão (valor de 2015).

Os times de todo o mundo são formados por, no máximo, 6 membros, e podem ser formados por jogadores de diferentes nacionalidades. No topo da prioridade dos fãs de jogos online,  o evento tem conseguido transmissões de emissoras de televisão abertas e de TVs por assinatura, além de ser transmitido pela internet para o mundo inteiro com o aval de grandes patrocinadores.

Os adeptos do game, considerado um expoente no cenário atual dos "eSports" atrai ainda o público para os locais de competição — que mudam todos os anos — com a venda de ingressos que se esgotam em uma velocidade impressionante. 

CBLoL

Ainda no universo de LoL, mas nacional, temos o Campeonato Brasileiro de LoL (CBLoL). A competição seleciona a melhor equipe de jogadores brasileiros, em cenário nacional para a disputa das etapas de qualificação internacional do continente americano, o International Wildcard Qualifier de League of Legends (IWQ). O qualifying, por sua ve, dá direito ao vencedor de participar do torneio mundial já explicado acima. 

A primeira vez em que o Brasil conseguiu vaga no mundial foi na quarta edição do torneio, em 2014, quando a Kabum! E-Sports ficou entre as melhores equipes no IWQ. O e-Sport no Brasil vem crescendo desde então, com a ascensão de times que chegam com mais frequência ao torneio mundial. Em 2016, diante do crescimento da modalidade, o canal de TV por assinatura SporTV (Globosat) fechou parceria para transmitir algumas etapas ao vivo em sua programação, o que rendeu recordes de audiência nas exibições de LoL.

Electronic Sports World Cup

A Electronic Sports World Cup (ESWC) existe desde 2003, criada pela Ligarena para substituir e tornar maior a competição que se chamava LAN Arena. Atualmente, a Ligarena se chama Game-Services e os direitos da ESWC foram vendidos por ela para a Games-Solution.

Os participantes são selecionados em competições nacionais — tendo atingido o recorde de jogadores e premiação em 2010, com 50 países representados e uma gratificação no valor de € 213.500,00 (equivalente a pouco mais de 550 mil reais na ocasião).

Major League Gaming

A Major League Gaming teve início em 2002 como uma organização totalmente voltada para e-sports, situada em Nova York. A empresa sedia eventos que acontecem por todo Canadá e Estados Unidos. Algumas partidas já foram transmitidas por televisão, pela ESPN.com e outros sites de streaming. Eventualmente a MLG investe em produções para televisão e em desenvolvimento de games, sendo dona da Agora Games.

A maior parte dos jogos do circuito profissional são de PC e PS3, como Starcraft 2, League of Legends, Mortal Kombat 9, Soul Calibur 5, King of Fighters XIII e Call of Duty Black Ops 2. Os prêmios máximos do evento costumam ser em torno dos US$ 150.000,00 . O sucesso dos eventos é tão grande que certas edições da MLG já tiveram mais espectadores ao vivo do que as algumas das maiores partidas da NBA.

World eSports Games

O evento foi criado em 2005 pelo sul-coreano Paul Chong. Apesar de no início acontecer em intervalos de tempo irregulares, desde 2008 o torneio acontece anualmente. As principais modalidades do evento são Counter-Strike, Starcraft, League of Legends e Warcraft 3. Todos os participantes costumam ser sul-coreanos, e as partidas são transmitidas na televisão.

Apesar da divulgação na mídia, este é um evento menor e costuma ter um número reduzido de participantes. Os prêmios da World eSports Games já chegaram a US$ 138.000,00 em uma única edição.

The World Series of Video Games

O evento foi criado em 2006 pela empresa americana Games Media Properties, e segue o modelo internacional usado em 2005 pela Cyberathlete Professional League, com torneios de 6 jogos em 6 lugares diferentes do mundo. A competição é considerada uma sucessora espiritual da versão mundial da CPL, pois foi criada com a ajuda da mesma principal patrocinadora do evento, a Intel.

As competições costumam acontecer nos Estados Unidos, China, Inglaterra e Canadá, e rodam em torno dos jogos Counter-Strike, Warcraft 3 e Quake 4. O evento tem algumas modalidades de Xbox, mas estas são abertas somente para americanos. A quantidade de prêmios entregues em uma única edição já chegou à US$ 750.000,00

Evolution Championship Series

A EVO é o evento mais aguardado pelos amantes de jogos de luta. A competição foi fundada em 1996 por Tom Cannon e na época se chamava Battle By The Bay, com 40 participantes, que competiam nos jogos Street Fighter Alpha 2 e Super Street Fighter 2 Turbo. O torneio só passou a ser conhecido como EVO em 2002. Com os anos que se passaram o evento cresceu, e muito, e teve uma incrível marca de quase dois mil participantes em 2010.

Originalmente, somente máquinas arcade eram usadas, mas em 2004 foi tomada a decisão de usar somente as versão de consoles, mais práticas para os participantes treinarem em suas casas. Hoje a competição utiliza exclusivamente em jogos nas versões de Playstation 3.

A próxima edição da EVO, que acontece em julho, terá Ultimate Marvel vs Capcom 3, Super Street Fighter 4 A.E, Soul Calibur 5, Tekken Tag Tournament 2, Persona 4 Arena, Street Fighter Vs. Tekken, King of Fighters XIII  e Super Smash Bros. Melee. As participações mais aguardadas costumam ser de Daigo e Justin Wong, famosos por realizarem verdadeiras proezas nos torneios. Os prêmio principais de cada jogo costumam chegar à US$ 20.000,00.

World Cyber Games 

O World Cyber Games foi criado em 2000 pela empresa sul-coreana World Cyber Games Inc. e é patrocinado pela Samsung e pela Microsoft. A competição costuma tentar seguir o padrão usado nas Olimpíadas, com direito até a evento de abertura. Os vencedores recebem moedas de ouro, prata e bronze.

Desde 2011, o WCG é considerado o maior campeonato de e-sports do mundo, e costuma movimentar torneios menores nos países participantes, realizados por organizações com o objetivo de levar os melhores jogadores do seu país até o mundial. O evento costuma ser focado em jogos de PC e Xbox, como por exemplo Counter-Strike, StarCraft, Warcraft, Tekken 6 e os jogos da serie Forza. A maior edição aconteceu em 2009 e, só naquele ano, foram entregues US$ 500,000,00 em prêmios.

Cyberathlete Professional League (Counter-Strike e Quake)

A CPL ou Liga Profissional de Cyberatletas, foi criada por Angel Murroz em 1997. O evento foca em competições de FPS, com Counter-Strike e Quake como suas principais atrações.

Apesar do início modesto, conforme os anos se passaram a competição ganhou fama e as finais costumam ser vistas por centenas de milhares de espectadores através da internet.

Em 2005 o torneio adotou o modelo de turnê mundial com partidas do jogo Painkiller, que renderam o total de US$ 1.000.000,00 em prêmios. O grande vencedor, Johnathan “Fatal1ty” Wendel levou sozinho US$ 150.000,00.

Este torneio também tem uma modalidade amadora, a CAL (Cyberathele Amateur League) ou Liga Amadora de Cyberatletas, com competições que acontecem diretamente através da internet. As inscrições se mantêm na média de 600 mil pessoas por ano.

Em 2010 o evento foi comprado pela WoLong Venture, empresa com longo histórico relacionado à competição e divulgação de games. As disputas costumam acontecer em dezenas de países, incluindo no Brasil, porém após a venda elas deixaram de acontecer anualmente.

Jogos clássicos para PC

Início dos anos 2000 trouxeram o
Getty Images
Início dos anos 2000 trouxeram o "boom" dos jogos online, e também das Lan Houses

Fallout

Não seria uma lista de jogos clássicos para PC sem essa franquia. A prova de que nem todo CRPG precisa de elementos de fantasia, os primeiros Fallouts eram uma obra prima pra quem gosta de uma boa história, excelentes diálogos e uma jogabilidade fantástica por turnos. Suas decisões contam muito em Fallout, mas uma coisa a gente garante: decidir jogar esse clássico deveria ser sua prioridade.

Diablo

Hoje em dia os servidores de Diablo 3 vivem cheios, mas houve um tempo em que nem online o jogo era. Os primeiros Diablos possuíam ótimas histórias e uma jogabilidade que permitia uma ótima imersão no ambiente do RPG. Se você é muito apegado aos gráficos, talvez precise começar mesmo pelo 3, mas nós recomendamos muito as origens da série.

Outcast

Nomeado o “Jogo de Aventura do Ano” pela Gamespot em 1999, Outcast tinha o mais próximo de uma exploração de mundo aberto que a época poderia produzir. O jogo tinha basicamente dois botões: mirar e atirar, mas não deixe que isso te engane e faça pensar que esse não é um dos maiores clássicos de todos os tempos, porque ele é até mais do que isso.

Half-Life

Existem muitos FPS que são jogos clássicos para PC, mas foi esse aqui que deu origem a um dos mais competitivo de todos os tempos. Half-Life deixou uma saudade tão grande nos gamers que até hoje as lendas por trás de um terceiro episódio para o jogo ressurgem na internet. Cheio de suspense, o jogo é uma verdadeira obra prima, e se destaca entre os shooters até hoje.

The Secret of Monkey Island

Não olhe agora, mas aquilo parece um macaco de três cabeças. Caso você não tenha entendido a referência, ficamos um pouco tristes porque sua infância/adolescência foi menos feliz do que poderia ter sido. A verdade é que toda a série Monkey Island é fantástica, principalmente se você for fã de point-and-click. Esse com certeza é um dos jogos clássicos para PC que você precisa, pelo menos, testar. Aproveita que a gente tem um remake esperando por você.

StarCraft

Foram 12 anos de espera por uma continuação do primeiro Starcraft, e isso não aconteceu por acaso. O RTS de ficção científica fez uma legião de fãs não só pela história, quanto pelas mecânicas do jogo. Seria difícil resumir sobre o que se trata a história, mas tudo que você precisa saber é: guerra espacial envolvendo seres MUITO antigos. Com humanos no meio.

Doom

Misturando ação, aventura e terror em quase todos os seus jogos, a saga Doom é uma verdadeira obra de arte, e em parte responsável por todo o sucesso dos jogos FPS. Pra muitos gamers, esse foi o jogo que iniciou a vida de jogador, mas mesmo que não tenha sido o seu primeiro, com certeza merece um lugar na sua biblioteca de jogos. Ou será que você tá com medo?

Full Throttle

Houve uma época em que jogos point-and-click dominavam o mundo, e grande parte desse sucesso vinha de jogos da Lucasarts, como Full Throttle, The Dig e tantos outros. Feitos para quem gosta de prestar atenção na história (e que histórias) esses jogos tinham mecânicas simples, mas a forma como Full Throttleutiliza o mouse em alguns momentos faz dele um membro importante da lista de jogos clássicos que você deveria jogar.

Deus Ex

Junto com System Shock, que por pouco não entrou na lista, Deus Ex foi um dos primeiros jogos a misturar elementos de FPS e RPG em uma só mecânica. A graça aqui são as escolhas, já que cada fase pode ser jogada infinitamente, por conta das várias possibilidades de se aproximar do seu objetivo.

Age of Empires

Ver suas tropas virando de lado não era nada legal, mas converter exércitos inimigos à sua causa usando os sacerdotes era bem divertido. Age of Empires tinha uma jogabilidade bem boa para a época (até hoje é maneiro), mas foi no modo campanha que a maioria dos gamers aprendeu as lições mais valiosas sobre a história do mundo.

Warcraft

O universo de Warcraft chegou esse ano aos cinemas, para tristeza de uns e alegria de outros. Mas bem antes que isso acontecesse, lá em no longínquo ano de 1994, a Blizzard lançou o que seria uma de suas maiores franquias de todos os tempos. Hoje em dia talvez seja difícil aguentar os gráficos do primeiro e do segundo jogo, mas pelo menos o terceiro você PRECISA jogar.

Commandos

Nem só de FPS se fazem jogos de tiro, e Commandos é a prova disso. Acha que jogos com muitas horas degameplay são coisas modernas? Então você nunca passou 3 horas num mapa do jogo procurando a melhor forma de acabar com os exércitos inimigos. Na faca. Durante a noite, já que era a hora que os pais iam dormir.

Duke Nukem 3D

O mais recente jogo da série, que foi aguardado por anos, talvez não tenha sido tudo aquilo que a gente esperava, mas pelo menos o humor fanfarrão que fez da série o que ela é estava lá. Os primeiros jogos foram bons, mas o 3D se tornou uma unanimidade entre quase todos os jogadores de FPS. Ao lado deDoom e Wolfenstein, esse jogo compõe a santa trindade que popularizou o gênero FPS.

Unreal Tournament

Um dos FPS com arena mais importantes de todos os tempos, Unreal Tournament tinha armas insanas que tornavam o PVP num combate alucinante. Foi também um dos primeiros jogos a utilizar BOTs realmente desafiadores. Claro que isso depende do nível que você escolhe, mas a gente tem certeza que aqui só temgamer cascudo.

Plataformas de games online para consoles

Xbox Live e PSN: as duas plataformas duelam pela preferência dos fãs de games online para consoles
Divulgação
Xbox Live e PSN: as duas plataformas duelam pela preferência dos fãs de games online para consoles

A rivalidade entre Xbox e PlayStation, consoles mais populares do mundo, está presente em praticamente todos os aspectos. Microsoft e Sony concorrem para oferecer os melhores games, mais recursos e a melhor jogabilidade para os usuários. Um fator importante nesta disputa é a plataforma online usada por cada videogame. A Xbox Live e a PlayStation Network possuem importantes diferenças para o jogador que precisa se decidir entre os dois.

A principal diferença entre Xbox Live e a PSN é a possibilidade de jogar sem pagar nada nos aparelhos mais antigos da Sony. Os consoles da Microsoft só autorizam jogos online em caso de assinaturas pagas. No caso do PlayStation, o acesso é liberado para usuários de PS3 e PS Vita. O jogadores de PS4 não tem a mesma vantagem.

Uma vantagem da plataforma da Microsoft a possibilidade de jogar tanto no videogame quanto em computadores com Windows 10 sem nenhum custo adicional.

O Xbox Live Anywhere permitirá que você continue um jogo da onde parou nos dois dispositivos sem perder arquivos, jogos adicionais ou conquistas. O recurso não estará disponível apenas em jogos com o selo Xbox Live Anywhere.

Serviços de assinatura

Após o lançamento do PlayStation 4, os planos de assinatura se tornaram ainda mais importantes. Assim como em todos os consoles da Microsoft, o mais novo console da Sony não permite jogos online para usuários que não fazem parte de seu serviço pago. Apesar de forçar o jogador a gastar mais, as lojas das duas plataformas oferecem vantagens interessantes.

Por cerca de R$ 29 mensais, a Live Gold permite ao usuário jogar online com amigos. O serviço também oferece acesso a aplicativos exclusivos e descontos em games. Compatível com sistemas do PS3, PS4 e PS Vita, a PlayStation Plus conta com jogos gratuitos adicionados a cada mês e descontos de até 75% na PlayStation Store. O jogador ainda tem acesso ao modo multijogador online no PlayStation 4 e até 3 GB de armazenamento para salvar jogos online por R$ 19,99 por mês.

A assinatura de planos mensais é uma boa ideia nos dois casos. Em geral, cada jogo é lançado por mais de R$ 100 quando são anunciados. Com novos títulos à disposição regularmente, usuários de Xbox Live Gold e PS Plus levam vantagem se a média de preço por jogo baixado for levada em consideração.

Games online para jogar no smartphone

Pokémon Go: muito aguardado, o game que virou febre no mundo todo chegou ao Brasil em agosto de 2016
AFP
Pokémon Go: muito aguardado, o game que virou febre no mundo todo chegou ao Brasil em agosto de 2016

Como não poderia deixar de ser, tudo que passa pelos computadores e consoles chega de alguma maneira aos smartphones. E não foi diferente com os jogos online. Entre versões adaptadas e novas criações, muitos jogos gratuitos apareceram principalmente a partir dos anos 2010. 

Talvez o de maior sucesso tenha sido Pokémon Go, dando início a tempos de games de realidade virtual bem realizados. Neste artigo ( clique aqui e saiba tudo sobre Pokémon Go ), você entenderá de maneira mais completa o fenômeno que fez o mundo caçar pokémons pelas ruas com seus celulares. 

LEIA MAIS: Pokémon Go: jogador leva bronca da polícia ao buscar personagem raro

Abaixo você confere uma lista de 13 deles, alguns de muito sucesso. Confira:

Angry Birds

Abrimos nossa lista com um dos jogos de maior sucesso das plataformas mobile o clássico Angry Birds. Se você é fã da franquia e ainda não se enjoou da eterna batalha entre pássaros furiosos e porcos malvados, ou se nunca jogou, é sempre uma boa dica. Existem várias versões oficias já lançadas da série, incluindo um jogo quebra-cabeças chamado Bad Piggies e um jogo de corridas chamado Angry Birds Go. Todos esses jogos combinados podem lhe proporcionar horas de jogatina, se você não se cansou ainda da série que continua sempre a inovar.

Bejewled Blitz

Bejewled Blitz terminou 2013 escolhido como a “Melhor Franquia de Jogos de 2013” na premiação Google Play Players’ Choice (Escolha dos Jogadores). Trata-se de um jogo quebra-cabeças muito simples em que você tem que combinar formas e fazer o máximo de pontos possíveis. Ele é bastante integrado com o Facebook, permitindo que você entre em um ranque para ver quem é o melhor. Ele traz novos recursos, gemas explosivas raras, além de gráficos empolgantes. Sua proposta é simples, mas é um jogo muito viciante. Quando precisar matar o tempo, onde estiver, é só puxá-lo do bolso e se divertir!

LEIA MAIS: Como nascem os grandes vilões dos games?

Candy Crush Saga

Candy Crush Saga é uma série de jogos incrivelmente popular que muita gente adora — mesmo que, a princípio, ela seja um pouco simples. Aqui, seu objetivo é combinar doces iguais para esmagá-los e cumprir os objetivos de cada fase, para avançar no jogo. Os jogos trazem centenas de fases e uma mecânica de jogo desafiadora. Também há uma integração muito sólida com o Facebook, assim você poderá jogar contra seus amigos para provar que você pode bater todos os recordes dos mesmos em cada fase, estabelecendo-se assim como o melhor de todos. É uma opção bastante viciante para passar o tempo!

Clash of Clans

Clash of Clans é um dos jogos mais complexos presentes na nossa lista. Ele é um jogo épico de estratégia on-line e multiplayer em tempo real em que você constrói uma vila, protege-a contra outros jogadores on-line e então constrói um exército poderoso para atacar outros jogadores e roubar ouro e elixires. Você pode se unir a clãs para adquirir tropas extras ou jogar sozinho — você escolhe. Graças a constantes atualizações e grande variedade de melhoramentos e coisas a construir, esse não é um daqueles jogos fáceis de finalizar rapidamente. Se você curte jogos de estratégia, Clash of Clans é uma excelente escolha.

Fruit Ninja Free

Fruit Ninja é um dos jogos casuais clássicos do Android. Com mais de 500 milhões de downloads e com uma nota 4.3 na Google Play, fica difícil dizer qualquer coisa negativa sobre o jogo. É um titulo simples em que resumidamente o que você tem que fazer é fatiar o maior número de frutas que puder. Semelhante a um jogo genuinamente Arcade, com pontuações por toda a tela, o mesmo já tem tempo suficiente para ser considerado um clássico da plataforma Android.

Pou

Se você foi fã dos antigos Tamagotchi, também conhecidos como Bichinhos Virtuais, na década de 90, então, provavelmente, você irá gostar do estranho personagem Pou. O objetivo desse jogo é cuidar desse personagem alienígena que possui um formato um pouco exótico. Nele, você pode jogar mini games, personalizar seu bichinho e mais. E ainda existem opções como jogar com seus amigos, por exemplo. Se você ficou nostálgico ou se nunca viu falar disso — você pode experimentá-lo e tirar suas próprias conclusões.

The Sims FreePlay

The Sims FreePlay também está disponibilizado gratuitamente, e como muitos jogadores já sabem, The Sims é o melhor jogo de simulação de vida para se jogar. Nessa versão mobile, você está no controle de adolescentes fazendo suas coisas habituais, logo, ele não fornece uma grande quantidade de conteúdo mais adulto. Ele ainda vem com todo conteúdo clássico que faz seus antecessores divertidos, então, se é fã da série, você não pode deixar de conferi-lo!

Agar.io

Agar.io é um jogo de ação que conquistou uma legião de fãs na plataforma PC e que agora está também disponível para o Android. Esse é um jogo on-line em que você estará no controle de uma minúscula célula, e o seu objetivo será se alimentar, tanto de células menores estáticas quanto de células controladas por outros jogadores reais, para crescer e se tornar a maior célula da partida. Mas durante este processo de absorção de outras células, você terá que fugir e evitar a todo custo ser absorvido por células maiores que você, garantindo assim sua sobrevivência no jogo. A jogabilidade é bastante simples, e você ainda tem à sua disposição várias táticas, como encolher, dividir e desviar, para absorver outros jogadores ou escapar deles.

King of Thieves

King of Thieves é um jogo de estratégia que combina o jogo de plataforma com o multiplayer PvP. Nesse, seu objetivo é roubar pedras preciosas e ouro de outros jogadores e assim se transformar o maior e mais rico ladrão do planeta. Mas, enquanto rouba, você também não pode deixar de construir seus calabouços estrategicamente para que os outros ladrões espertinhos caiam como patinhos em suas insanas e irritantes armadilhas. O modo multiplayer permite que você desafie jogadores do mundo todo, entrando em um acirrado sistema de ranqueamento dos melhores. O jogo permite que você explore mais de 80 níveis desafiadores no modo solo, além de também permitir que você customize e crie suas roupagens para deixar seu personagem único e diferenciado, exibindo uma aparência que tenha o DNA do seu estilo em particular.

Subway Surfers

Subway Surfers é um famoso jogo estilo Arcade que testará toda sua agilidade, poder de resposta e concentração. Nesse, seu objetivo é correr o mais distante possível e fugir do inspetor mal-humorado e seu cachorro, coletando moedas e esquivando-se de trens e vários obstáculos, tanto estáticos quanto em movimento. Este é um dos jogos mais conhecidos do Android, e agrada tanto os jogadores mais novos quanto os mais velhos, apesar de possuir gráficos fofinhos em HD que chama mais a atenção do público jovem. A mecânica de jogo é de fácil aprendizado e o jogo possui vários recursos bônus que tornam o mesmo ainda mais interessante. Subway Surfers faz, com certeza, parte da seleta lista dos jogos viciantes para Android mais baixados do mundo.

UNKILLED

UNKILLED é um dos jogos lançados em 2015 com um dos gráficos mais poderosos e controles mais precisos. E assim como Dead Trigger 2 e SHADOWGUN: Deadzone, UNKILLED foi desenvolvido pelo criativo estúdio MADFINGER Games. Aqui temos um jogo de tiro baseado em zumbis em que você deve aceitar diversas missões ambientadas em diferentes cenários para destruir de vez os mortos-vivos, já que aparentemente eles já estão mortos. Você terá mais de 300 missões à disposição, sendo que a grande maioria delas serão protegidas por temíveis chefes de fase e inimigos especiais. Há mais de 50 tipos de armamentos, como também placares on-line e aprimoramentos gráficos para dispositivos mais poderosos.  Falando em dispositivos poderosos, esse é um jogo que exige bastante processamento e, apesar dele também funcionar em smartphones, fica ainda mais interessante em tablets, exige conexão com internet.

Call of Champions

Call of Champions é um dinâmico MOBA (Multiplayer Online Battle Arena) desenvolvido com foco em smartphones e tablets. Nesse, você escolherá seu Campeão e se juntará a mais dois amigos para encarar outro time online composto por três membros, tendo como objetivo principal ver quem consegue destruir a base do outro primeiro. Cada jogo impõe um limite de tempo de cinco minutos, tornado as partidas mais velozes, e as únicas coisas que você poderá adquirir com dinheiro, atualmente, limitam-se a compras de personagens extras, lembrando que não são obrigatórios e o jogo continua sendo inteiramente gratuito. Esse é um título que traz a sensação de se estar jogando um verdadeiro MOBA em um celular e sua integração online permite uma jogabilidade suave e bastante competitiva. Se for fã de MOBAs, Call of Champions é uma boa pedida.

Star Wars: Galaxy of Heroes

Apesar de bastante novo, Star Wars: Galaxy of Heroes já é considerado o melhor jogo mobile da saga estelar, pegando carona na recente onda de sucesso do universo Jedi nos cinemas, reavivado pelo blockbuster Star Wars – O Despertar da Força. Esse é um jogo do tipo monstros colecionáveis em que sua missão é colecionar seus personagens favoritos da saga Star Wars e pô-los em combates nas mais diversas situações. O jogo é quase que completamente multiplayer (multijogador), seu estilo de combate RPG permite que você crie as melhores equipes e as melhores estratégias para sair vitorioso em batalhas ambientadas em locais clássicos da saga intergaláctica. Se for fã de Star Wars, irá adorar a ideia de colecionar personagens de todas as eras da saga: trilogia original e antecessora, animações de TV e até mesmo a mais recente aventura cinematográfica.

Todas as notícias sobre Jogos Online