#Instagram tem 500 milhões de usuários em todo o mundo

Com 4,2 bilhões de “curtidas” por dia , Instagram continua inovando na arte de compartilhar imagens

Brasil Econômico

Em outubro de 2010, os empresários Kevin Systrom e Yosyp Shvab lançaram, nos Estados Unidos, um novo aplicativo no mercado chamado Instagram, disponível apenas para dispositivos iOS. Depois de dois anos e alguns milhões de usuários, os smartphones com Android também passaram a poder baixar o app.

A experiência de compartilhar imagens pelo Instagram  foi muito bem recebida pelos usuários desde o seu nascimento, chegando a ser considerado o “App do ano”, em 2011, pela App Store. Difícil não pensar no Insta quando o assunto é editar e compartilhar fotos nas redes, né? 

Depois de garantir cerca de 30 milhões de usuários assíduos e um prêmio reconhecido, o aplicativo viu sua história tomar um novo rumo em abril de 2012, quando o já gigante Facebook anunciou a compra do aplicativo de fotos por nada menos que US$1 bilhão. A partir de então, passou a fazer parte da rede de Mark Zuckerberg – sendo possível, por exemplo, o compartilhamento de likes entre os aplicativos.  

Na época da compra, o próprio CEO e fundador do Facebook compartilhou a notícia em sua timeline, dizendo que a experiência de compartilhar “belas fotos” nas redes sociais seria ainda melhor. “Por anos, estamos focados em construir as melhores experiências para compartilhamento de fotos com seus amigos e famílias”, escreveu. Além disso, o empresário chegou a afirmar que, até então, “nunca na história da rede social haviam adquirido uma empresa com tantos usuários”.

Nova logo do Instagram, lançada recentemente
Divulgação/Instagram
Nova logo do Instagram, lançada recentemente

O interessante é que foi o próprio Zuckerberg que negociou a compra do aplicativo com o presidente-executivo, Kevin Systrom. Na época, o Instagram foi inicialmente ofertado por mais de US$ 2 bilhões! 

Outra curiosidade interessante sobre a fundação do Instagram – que vale destaque aqui – é que, assim como o próprio Facebook, teve a participação de um brasileiro. Chamado Mike Krieger , o cofundador brasileiro tinha  apenas 24 anos e havia se mudado para os Estados Unidos para estudar na Universidade de Stanford.

Na época, uma revista americana chamada “Wired” chegou a estimar que Krieger tivesse cerca de 10% da empresa, o que daria uma fortuna de US$ 100 milhões pela aquisição.  

Hoje, após 6 anos de existência, os números envolvendo o Instagram são gigantescos. A rede social ultrapassa os 500 milhões de usuários em todo o mundo, sendo acessada por, pelo menos, 300 milhões de usuários por dia. Apesar de ter sido criado nos Estados Unidos, o aplicativo é utilizado amplamente fora do território americano: segundo dados da própria empresa, a cada cinco usuários, quatro não estão por lá.

Como você pode imaginar, o comportamento do brasileiro é notável quando o assunto é o compartilhamento de imagens editadas nas redes sociais. Somente em nosso País, o Insta conta com mais de 35 milhões de usuários – ou seja, 7% do total mundial. Nada mal, né?

No ano passado, para comemorar os 500 milhões de usuários nos 5 anos de existência, o Instagram divulgou algumas curiosidades bastante interessantes sobre usuários e o uso em todo o mundo. Veja:

Curiosidades do Insta

via GIPHY

- Os 500 milhões de usuários publicam mais de 95 milhões de fotos por dia. Com isso, a rede social registra 4,2 bilhões de curtidas em todo o mundo diariamente (uma marca de 1,1 milhão por minuto)

- Mais de 82 milhões de fotos de looks do dia, com a hashtag #ootd , que significa Outfit of the day

- Mais de 30 bilhões de fotos já foram postadas na rede social

- Diariamente, 70 milhões de fotografias viram post na plataforma 

- 381.000 pessoas postaram suas primeiras tatuagens, com a hashtag #firsttattoo

- Quase 1 bilhão de pessoas já postou a hashtag #love

- Mais de 325 milhões de postagens com a hashtag #tbt que significa “throw back thursday” e pede para que as pessoas postem fotos de lembranças na quinta-feira

- 169.000 pessoas postaram fotos com a hashtag sobre as datas festiva de Natal e Ano Novo, a #mostwonderfulltimeoftheyear

- As pessoas amam os perfis de cães da raça Golden Retriever, principalmente no Brasil

- Mais de 4 milhões de postagens com a hashtag #weeklyfluffy, que é exclusiva para fotos de pets, principalmente gatos e cachorros

- Em Marrocos e na Argéria, é maior o número dos adeptos da cultura sneakerhead, que é o hábito de colecionar e admirar diferentes modelos de tênis

- Contas de longboard são muito seguidas em Taiwan

- Cada usuário gasta, em média, 257 minutos por mês no app

-  Cerca de 65% dos usuários checa o app uma vez por dia; e 35% checa diversas vezes no mesmo dia

- A rede social tem suas próprias hashtags – como #tbt (throw back Thursday), já que quinta-feira é o dia de voltar ao passado na plataforma; #regram, utilizada para repostar a foto de alguém sem plágio; #instamood para fotos sobre o humor diário e #100happydays, usada para compartilhar uma imagem celebrando a vida (durante 100 dias seguidos)

- A conta do @InstagramBrasil soma 2 milhões de seguidores

Para que serve o Instagram?

Depois de conhecer um pouco de sua história e de suas curiosidades, você ainda pode se perguntar: ok, mas o que é Instagram, para que serve? Bem, basicamente, o Insta é um aplicativo gratuito (disponível para dispositivos Windows, iOS e Android) para fazer fotos e vídeos, editar imagens através de filtros e ferramentas de corte, brilho, contraste, esmaecimento, cores etc, e compartilhamento em redes sociais com outros usuários.

via GIPHY

Assim como em outras mídias sociais, você cria seu perfil e, assim, pode compartilhar imagens de maneira privada (ou não). O interessante é que o Instagram só funciona – em plenitude – no mobile, não sendo possível utilizá-lo em computadores.

Em resumo, o Insta serve para:

- Ver o que as pessoas que você segue estão postando

- Fazer fotos e vídeos e compartilhar com seus amigos/seguidores

- Usar filtros, editar fotos

- Buscar e seguir pessoas e hashtags

- Mandar fotos e vídeos diretamente para seus amigos

Como usar o aplicativo

Se você ainda não é usuário do Instagram e está interessado, pode ficar de olho nas dicas a seguir para abrir seu perfil e se divertir (ou trabalhar!) com o aplicativo.

Siga o passo a passo: 

1. Baixe o app

Antes de mais nada, é preciso que você baixe o aplicativo em seu smartphone ou tablet. Lembre-se: é gratuito. Depois disso, você tem de abri-lo para criar sua nova conta, na página principal. Nesse momento, aparecerá uma tela em que você terá de inserir informações de e-mail, nome de usuário, senha, telefone e foto de perfil.

2. Busque amigos

É muito fácil achar amigos no Instagram. Antes mesmo de começar a usar o aplicativo, poderá buscar seus conhecidos no Facebook e no Twitter - além de contatos do smartphone. 

Depois de visualizar, poderá optar por seguir ou não aquela pessoa. Feito isso, poderá avançar.

3. Ícones

Como usar o Insta?
Divulgação/Instagram
Como usar o Insta?

Depois de inserir suas informações pessoais e selecionar amigos para seguir, é hora de conhecer os ícones disponíveis no menu – localizado na parte inferior da tela.

Chegou nessa tela? Então, vamos lá: o botão central (uma pequena máquina fotográfica) serve para fotografar. Ao lado dele, você encontrará à esquerda a “home” (uma casinha), a busca (uma lupa), os favoritos (um coraçãozinho), e seu perfil (um bonequinho).

Atenção: na coraçãozinho, você poderá ver tanto as atualizações em seu perfil, ou seja, as “curtidas” que recebeu nas fotos como, também, a atualização das pessoas que você segue.

Quando estiver na página do seu perfil, (e não na página de entrada/timeline), você encontrará alguns ícones diferentes. Abaixo da sua foto de perfil, tem seu nome e a possível (não necessária) "biografia", com qualquer informação sua que achar interessante, como frases inspiradoras ou links para outros sites, como de seu blog, por exemplo.

Já ao lado da sua foto, é possível ver o número de publicações feitas, a quantidade de seguidores e quantas pessoas você segue.

Acima da tela, à direita, terá o ícone de configurações. Nesse local, você consegue encontrar diferentes opções, por exemplo:

- Dá para encontrar seus amigos do Facebook, você verá quantos deles estão no Instagram. Nas configurações, você também vê quem são seus contatos do telefone que estão no aplicativo.

- É possível escolher entre ter um perfil privado ou não.

- Você pode selecionar se quer receber notificações ou não.

- Dá para escolher pelo carregamento de vídeos somente quando tiver wifi ou não.

4. Selecione a imagem e compartilhe

Se você quiser tirar uma foto diretamente do aplicativo, basta tocar no botão central para ativar a câmera fotográfica. O programa automaticamente te levará às opções de modificação da imagem: se você quer a câmera em posição de selfie ou normal. Também é possível ativar o flash ou desligá-lo. 

Por outro lado, é possível selecionar uma foto já pronta, que está na galeria do seu smartphone. 

5. Editar a imagem

Depois de selecionar a foto, você pode ajustá-la da maneira que desejar: pode dar zoom (utilizando os dedos para abrir ou fechar o foco), ou pode colocar bordas (tem um ícone com setinhas nas diagonais).

Depois de fazer isso, você vai para a página dos famosos filtros! São 23 opções e você pode visualizar como a foto ficaria com cada um deles apenas clicando em cima do ícone do tema desejado. É interessante, pois cada um deles dá um efeito diferente à foto. Todavia, você também poderá escolher não colocar os filtros, deixando a foto original, com suas luzes e cores.

Além dos filtros, você poderá editar a foto com as seguintes opções: ajustar (ferramenta para rotação da imagem), brilho, contraste, estrutura, temperatura, saturação, cor, esmaecer, realce, sombras, vinheta, tilt shift (“borrar” parte da imagem, como se quisesse dar destaque e foco para um ponto – que é em linha ou em círculo) e nitidez.  

7. Compartilhe

Depois de terminar de editar, você passará para outra página, onde poderá acrescentar uma legenda – com palavras, hashtags e/ou emojis. Além disso, pode marcar pessoas que estão na imagem. Nesse momento, também pode decidir se vai marcar o local onde a foto foi tirada (fique atento se seu GPS está ligado).

via GIPHY

Por fim, se quiser compartilhar a imagem em outras redes sociais, poderá selecionar entre Facebook, Tumblr, Twitter e Flickr. Os ícones das redes sociais, que estão pretinhos, ficarão azuis se forem selecionadas. Eles estão todos abaixo da miniatura da foto com a legenda.

Terminando isso, você poderá, finalmente, compartilhar a foto ao clicar em “Ok” ou no ícone da setinha de envio.

Pronto, sua imagem será compartilhada instantaneamente!

Importante destacar, embora não muito utilizado, é que o Instagram dá a opção de compartilhamento “direct”. Ao selecionar, a foto só irá ser compartilhada com uma pessoa.  

Lembre-se de que, assim como em outros espaços da internet, a rede social pode ser configurada de maneira a aperfeiçoar sua experiência conforme o desejado.

Instagram Stories: vídeos e fotos

via GIPHY

Assim como todas as outras redes sociais, o Instagram já sofreu grandes mudanças nos últimos anos, seja em relação a ferramentas, possibilidades e experiência de uso. Enfim, a tecnologia e o mundo digital exigem esse comportamento flexível de toda e qualquer empresa.

E uma das evoluções mais comentadas é a recente adoção da experiência de compartilhamento de vídeos e fotos que duram apenas 24 horas na rede social. Já ouviu falar algo parecido? Pois é, bem semelhante ao Snapchat – nova febre dos internautas, especialmente do público jovem, com mais de 100 milhões de usuários por dia.  

O Instagram Stories foi lançado no dia 2 de agosto de 2016, disponibilizando funções como escrever e desenhar em cima da imagem, além do uso de emojis e filtros. 

Quando alguém que você segue adiciona um vídeo ou foto no Stories, sua imagem de perfil aparecerá dentro de um círculo rosa. A funcionalidade do recurso é bem semelhante ao do Snap: você poderá voltar ou passar adiante da “história”, comentar ou mandar mensagem direta para o usuário. Dessa maneira, comentários e curtidas relativos às publicações no Stories não serão públicos como as publicações “normais” no Insta.

O interessante é que a visibilidade de seus vídeos e fotos no Stories será permitida apenas para aqueles que já te seguem no aplicativo – assim, se seu perfil for privado, este recurso também será. Você também poderá customizar a configuração de privacidade se não quer que seus seguidores vejam algumas publicações específicas.

Além disso, não é preciso se preocupar com “overposting”, já que pode compartilhar tantas imagens quanto quiser ao longo do dia – com a criatividade que tiver! Se quiser, pode também colocar textos e usar ferramentas para desenho sobre a imagem.

Para empresas que administram páginas no Instagram, essa é uma boa novidade. Afinal, muitas vezes há coberturas de eventos ou lançamento de produtos e a vontade é sair postando tudo – e, claramente, o comportamento dos usuários do aplicativo mudou de uns anos para cá, passando do imediatismo de fotos do momento, sem muitas preocupações, para algo mais “polido” e, de certa maneira, profissionalizado - até mesmo por pessoas comuns, que administram páginas pessoais (e não são artistas ou marcas). 

Com o Stories, porém, parece que as pessoas sentiram falta da "despreocupação" de encher a timeline alheia e, assim, poder compartilhar sem se preocupar demais, já que o conteúdo desaparece após 24 horas. 

Apesar de muito semelhantes, o Instagram e o Snapchat são, na verdade, aplicativos de propostas diferentes. Sim, ambos são visuais e imediatistas, mas um é mais ligado à inspiração e ao apelo visual e o outro é para uptades mais rápidos e menos filtrados. Ainda é cedo para dizer se um é melhor que o outro – e se essa colisão vai significar a morte de um ou outro app. De qualquer maneira, será interessante avaliar a dinâmica de usuários e perceber quem ganhará a batalha pela atenção e lealdade dos milhões de olhos pelo mundo. 

Perfis comerciais no aplicativo

via GIPHY

Outra novidade da plataforma nos últimos tempos é a disponibilização de ferramentas para perfis de negócios, uma espécie de "Instagram Empresas". No dia 15 de agosto, o Instagram anunciou que a inovação traria facilidades de comunicação entre empreendimentos e consumidores. Além disso, foi revelado que as informações sobre as contas dos clientes estariam mais acessíveis, também sendo mais simples encontrar outras pessoas do público-alvo.  

Entre as novas ferramentas estão: a possibilidade de ver quais foram os posts de melhor desempenho, quais são os dias da semana e em quais períodos do dia as publicações possuem mais interações e, ainda, a informação de uma quebra demográfica dos seguidores.

Com a novidade, as empresas também podem promover qualquer publicação feita no aplicativo, incluir um botão “saiba mais” para se apresentar aos novos consumidores – ou mesmo aos mais antigos. Nesse sentido, o aplicativo também beneficiará os clientes, já que as novas ferramentas trazem informações importantes no perfil da marca, tais como endereço e contato.

Os empreendimentos que decidirem ter um perfil comercial poderão escolher de que maneira seus clientes entrarão em contato: telefone, mensagem de texto ou e-mail no botão de “contato”.

Como converter um perfil pessoal no Instagram em um perfil comercial

1. Acesse o seu perfil e toque no ícone situado no lado superior direito.

2. Toque em Alternar para um Perfil comercial.

3. Na tela “Conectar sua Página” do Facebook, você verá todas as Páginas do Facebook das quais você é administrador no momento. Selecione a Página que você gostaria de associar ao seu Perfil comercial no Instagram. Saiba mais sobre Funções da Página.

4. Na página Configure seu perfil comercial, verifique as informações de contato da sua empresa, faça as alterações necessárias e toque em Concluir.

Informações e métricas no aplicativo

Na seção Informações e métricas, o aplicativo dará aos empreendedores informações agregadas sobre seus seguidores, quais são os posts que tem o melhor desempenho e em quais momentos do dia e da semana que isso ocorre.

Com esses dados, as empresas conhecerão o comportamento de seus seguidores e os dados demográficos – o que permitirá a criação de conteúdo mais relevante aos consumidores.

Quais informações serão disponibilizadas pelo Instagram para o empreendedor

1. Impressões: O número de visualizações que sua publicação recebeu
As impressões correspondem ao total de vezes que sua publicação foi vista. Uma única pessoa pode visualizar sua publicação 5 vezes. Cada vez que elas a virem, você receberá uma impressão. Caso você esteja visualizando as informações a partir de uma publicação, será possível ver as Impressões, o Alcance e o Envolvimento.

2. Alcance: Número de contas exclusivas que visualizaram sua publicação.
O alcance é baseado no número de indivíduos que visualizarem sua publicação. Cada indivíduo só poderá ser contado uma vez, mesmo se ele visualizar sua publicação muitas vezes. O envolvimento inclui o número total de contas únicas no Instagram que curtiram ou comentaram sua publicação.

3. Cliques no site: Número de contas que tocaram no link do site em seu Perfil comercial.

4. Atividades do seguidor: Média de vezes em que seus seguidores estão no Instagram em um dia comum

Você também poderá seguir as informações sobre seus seguidores, incluindo o gênero, a idade e as informações sobre a localização.

A habilidade de promover publicações de sucesso chegará ao Brasil nos próximos meses e possibilitará que os empreendedores transformem posts de sucesso em anúncios, diretamente do aplicativo do Instagram.

Também será possível incluir um botão para encorajar os internautas a tomarem algum tipo de ação em relação a ele. As empresas poderão escolher o público-alvo ou deixar que o aplicativo sugira um. Em seguida, o post será promovido pelo tempo que o empreendedor determinar.

Como promover publicações

1. Abra seu aplicativo do Instagram.

2. Acesse o seu perfil.

3. Selecione a publicação que você gostaria de promover tocando na publicação.

4. Abaixo da imagem da publicação, toque em Promover.

5. Preencha os detalhes da sua promoção definindo detalhes como Público (quem você deseja alcançar), Orçamento (quanto você deseja gastar) e Duração (por quanto tempo você deseja veicular sua promoção). Toque em Avançar depois de definir esses detalhes.

6. Para concluir sua promoção, toque em Promover.

Mike Krieger: o brasileiro que ajudou a criar o Insta

O brasileiro Mike Krieger foi um dos fundadores do Instagram
Reprodução/Instagram Mike Krieger
O brasileiro Mike Krieger foi um dos fundadores do Instagram

Em 2011, antes mesmo de o Instagram ser vendido para o Facebook, um dos fundadores do aplicativo, o brasileiro Mike Krieger, conversou com o iG para contar um pouco da história de criação da rede social. 

O jovem empresário, que tinha pouco mais de 20 anos quando o aplicativo estourou, disse que se mudou para os Estados Unidos em 2004, quando tinha 18 anos, para estudar na Universidade de Stanford. "Foi lá que fiz minha graduação e pós-graduação, ambas num curso chamado Symbolic Systems, que é uma combinação de Ciência de Computação e de Design”, contou. 

O desenvolvedor, no entanto, já tinha contato com a criação de software desde os seis anos, quando acessava o código-fonte de jogos de Windows para modificá-los.

A criação do Instagram

Segundo afirmou o brasileiro, o Instagram começou a ser concebido em maio de 2010. “Eu e o Systrom começamos a trabalhar em um aplicativo chamado Burbn. A idéia era criar um aplicativo que ajudasse as pessoas a compartilhar experiências e histórias, fora do escritório e de casa, longe do computador”, relembra Krieger.

Para chegar ao Instagram, eles “enxugaram” o projeto original do Burbn, removendo algumas funções. Segundo Krieger, o Burbn era um site parecido ao Foursquare, mas com um design mais arrojado. “Por ter sido criado em HTML5, o serviço funcionava em qualquer smartphone com um navegador moderno. Mas percebemos que o produto era muito complicado, então reduzimos os recursos para criar o Instagram”, diz.

via GIPHY

Em dezembro de 2011, o Instagram foi eleito pela Apple como o melhor para iPhone. O sucesso foi tão grande que, no final de março, o Instagram ganhou uma versão para Android, o sistema operacional do Google, presente em smartphones e tablets. Só no primeiro dia, o aplicativo foi baixado mais de 1 milhão de vezes.

Incentivo ao empreendedorismo

Desde o início de sua temporada nos Estados Unidos, Krieger se envolveu em diversos projetos de startups. Ele trabalhou, por exemplo, nas startups Meebo e XMarks. “No Meebo trabalhei principalmente no componente deles para sites, o Meebo Bar. Já no XMarks eu atuei na criação de uma ferramenta de busca”, conta.

Entre os melhores aspectos da vida na Califórnia, segundo Krieger, está o incentivo à inovação. “Aqui, a cultura tem bastante ênfase na experimentação. Mesmo que a ideia seja arriscada ou que os fundadores não tenham muita experiência prévia, ainda existem recursos para criar uma empresa nova”, disse.

Segurança no Insta

Muito embora seja social, o Instagram, como qualquer rede do tipo, também merece atenção em relação à segurança na internet. E, mais do que isso, é preciso que o usuário tome alguns cuidados antes de sair publicando qualquer conteúdo. Afinal, as informações postadas podem ficar disponíveis para desconhecidos que poderão utilizá-las da forma que bem entenderem.

via GIPHY

Pensando nisso, o repórter de Tecnologia do iG São Paulo, Victor Hugo Silva, aponta algumas dicas para que você possa usar o aplicativo com segurança segundo especialistas consultados. Veja:

1) Desative o recurso de localização das fotos

As fotos compartilhadas no Instagram podem receber uma marcação com o local do usuário no momento da publicação, permitindo que qualquer pessoa acompanhe a rotina sem o conhecimento do usuário que publicou a foto.

Para que as imagens não sejam localizadas, é necessário desabilitar o recurso de localização da câmera do celular e não ativar o mapa no momento da publicação da foto no Instagram. Isto é, ao publicar uma imagem, não adicione um local. "São recursos de privacidade que as redes oferecem e que você deve usar. Quanto menos dados pessoais à toa você expõe, melhor", diz Fabio Assolini, analista sênior de segurança na Kaspersky Lab Brasil.

2) Exclua a localização de fotos e vídeos já postados

Para excluir as informações de geolocalização das fotos e vídeos já postadas na rede social, acesse seu perfil e clique no ícone de localização para visualizar um mapa que mostra as fotos agrupadas pelo local onde foram publicadas. Selecione um grupo de imagens e confirme se você realmente quer excluir tais informações. O Instagram apagará definitivamente os dados relacionados ao local onde a imagem foi publicada.

3) Aprove as fotos em que foi marcado

O padrão do Instagram é exibir automaticamente no perfil do usuário as fotos em que ele foi marcado. "É importante configurar as opções de privacidade da melhor forma dentro do uso que você quer fazer da rede social", explica José Matias Neto, diretor para suporte técnico da Intel Security. Para isso, é possível configurar uma moderação para estas fotos.

O perfil só exibirá as imagens desejadas e o Instagram enviará notificações sempre que o usuário for marcado em uma nova foto. Para alterar a configuração para publicações futuras, clique em Opções – os três pontinhos no canto superior direito do app – e selecione Adicionar Manualmente.

Se o usuário desejar alterar as fotos em que já foi marcado, basta clicar no ícone com três pontos logo abaixo da imagem escolhida. Além de decidir se a foto será exibida ou não em seu perfil, é possível remover a marcação clicando em Opções de fotos e selecionando, em Fotos com você, a opção Remover marcação.

4) Torne sua conta visível apenas para conhecidos

O usuário deve pensar bem antes de compartilhar qualquer informação no Instagram. Por padrão, as fotos publicadas na rede ficam disponíveis para qualquer um na internet e poderão ser salvas por qualquer pessoa que acessá-las. Além disso, é importante tomar cuidado com fotos durante uma viagem. Elas poderão indicar a um criminoso que o usuário está longe de casa e que é um bom momento para roubá-lo. "Não há problema em postar fotos das férias, mas faça isso depois de retornar", sugere Matias.

Uma solução é alterar a visibilidade da conta e torná-la privada. Assim, os demais usuários precisarão enviar solicitações para ver suas imagens. Para compartilhar fotos apenas com pessoas conhecidas, vá em Opções e selecione Conta Privada.

5) Tome cuidado com aplicativos integrados

Se a conta no Instagram estiver integrada com outras redes sociais como Facebook ou Twitter as publicações poderão estar visíveis para qualquer pessoa e as configurações de privacidade destas plataformas também deverão ser atualizadas.

Além disso, é importante se certificar que aplicativos complementares ao Instagram realmente são confiáveis. Antes de confirmar o cadastro em um editor de imagem com mais recursos, por exemplo, o usuário deve visualizar que tipo de informações o aplicativo terá acesso. Alguns aplicativos pedem permissão para visualizar as fotos, o perfil e a lista de amigos no Instagram. O recomendável é dar o menor número de permissões possível.

6) Use senhas fortes e únicas

Para tornar o perfil no Instagram mais seguro, é fundamental definir uma senha forte e que inclua letras, números e símbolos. Quanto mais caracteres, maior a dificuldade de um criminoso descobrir a senha. O ideal é não utilizar a senha do Instagram em outras redes sociais. "Quando a gente fala de senha, mais importante que o tamanho ou a complexidade, é o fato dela ser única", diz Assolini. Se um cibercriminoso descobre a senha de um usuário, ela provavelmente será testada nos principais serviços online, tornando o prejuízo ainda maior.

7) Tome cuidado com redes públicas

Antes de publicar uma foto no Instagram, é comum procurar por redes Wi-Fi públicas. Entretanto, é preciso tomar cuidado com a segurança da conexão localizada pelo aparelho. Segundo Assolini, o usuário pode ser vítima de um ataque "mesmo nas redes que têm senha e que são bem protegidas". Neste caso, o dispositivo seria atingido por meio de um redirecionamento malicioso depois de fazer o login na rede.

O analista também aconselha que o usuário acesse o Instagram por meio de redes das operadoras. De acordo com Assolini, a criptografia usada em conexões 3G e 4G é segura e dificilmente um criminoso conseguirá roubar uma senha a partir desse tráfego.

A Rainha do Insta: Selena Gomez

A cantora pop americana recebeu mais de 5 milhões de curtidas na imagem
Reprodução/Instagram Selena Gomez
A cantora pop americana recebeu mais de 5 milhões de curtidas na imagem

Não tem para ninguém quando o assunto é “likes” no aplicativo. A cantora teen americana Selena Gomez, de 23 anos, está a frente de todas as celebridades não só em número de seguidores, como também de foto mais curtida de toda a história do Insta.

Chega a ser inacreditável, mas Selena tem quase 100 milhões de seguidores – número que ultrapassa, por exemplo, todas as irmãs Kardashian e a artista mais bem paga de 2016, Taylor Swift.

Já em relação à foto mais curtida, a cantora bateu o recorde em cima do também cantor (e seu ex-namorado), Justin Bieber, que tinha recebido 3,7 milhões de curtidas em uma de suas fotos no aplicativo. Aqui vale uma ressalva, já que Bieber não teve "sucesso" sozinho com tal imagem, já que... Selena estava nela! Assim, ela é duas vezes campeã de likes na plataforma. 

Selena publicou a foto mais curtida da história no meio do ano (de 2016). Nela, aparece segurando uma garrafa de Coca-Cola, cujo rótulo tem escrito um trecho de sua música “Me & The Rhythm”. Até meados de agosto deste ano, a foto tinha nada menos que 5,4 milhões curtidas.

Como se não bastassem os números homéricos de curtidas em suas fotos, a Rainha do Instagram também dá show quando o assunto é número de visualizações de vídeos no aplicativo. É fácil encontrar vídeos em seu perfil que tenham mais de 10 milhões de visualizações. Nada mal, né?

Vídeos da cantora possuem milhões de visualizações no aplicativo
Reprodução/Instagram Selena Gomez
Vídeos da cantora possuem milhões de visualizações no aplicativo

Com esta foto de Selena Gomez e o refrigerante nas mãos sendo a campeã de likes no aplicativo, Justin Bieber, portanto, ficou com a medalha de prata - mas, claro, tem de dividir o pódio com a ex, presente na imagem.

Foto de Justin Bieber com Selena Gomez era a mais curtida, até que a cantora ultrapassou os números este ano
Divulgação/Instagram
Foto de Justin Bieber com Selena Gomez era a mais curtida, até que a cantora ultrapassou os números este ano


A medalha de bronze mundial das fotos mais curtidas no Insta é da modelo americana Kendall Jenner, uma das irmãs Kardashian - ou seja, sensação mundial. Especialmente falando em redes sociais, essas irmãs tiram de letra em números grandiosos. 

Com a imagem em que aparece fazendo vários corações com o cabelo, Kendall recebeu aproximadamente 4 milhões de likes - e esse número promete subir ainda. 

Foto da modelo Kendall Jenner é uma das mais curtidas da história do aplicativo
Reprodução/Instagram Kendall Jenner
Foto da modelo Kendall Jenner é uma das mais curtidas da história do aplicativo

Perfis "bombásticos"

Embora não tenha batido o recorde de Selena, outra celebridade que merece destaque na lista de fotos mais curtidas do mundo é Taylor Swift: metade das fotos que mais receberam corações no ano de 2015 é da cantora.

No perfil da celebridade pop americana, é possível encontrar várias fotos com mais de 1 milhão de curtidas, tais como essa em que aparece com outras várias famosas no feriado de 4 de julho nos Estados Unidos: 

Taylor Swift é uma das celebridades mais curtidas no Instagram em todo o mundo
Reprodução/Instagram
Taylor Swift é uma das celebridades mais curtidas no Instagram em todo o mundo

No Brasil, como você pode imaginar, os jogadores de futebol são supercurtidos! Destacam-se os jogadores da Seleção Brasileira: Neymar Jr, David Luiz, Daniel, Marcelo e Thiago Silva. 

Neymar, em especial, possui muita interação em sua página. Inclusive, durante as Olimpíadas do Rio 2016, ele foi o atleta brasileiro com a foto mais curtida, ficando na lista do Top 10 mundial. 

Neymar é uma das personalidades brasileiras com maior número de seguidores e likes nas fotos
Reprodução/Instagram Neymar Jr.
Neymar é uma das personalidades brasileiras com maior número de seguidores e likes nas fotos

Ficou curioso para saber outras celebridades - além de Selena, Taylor e Kendal Jenner - que estão no topo no número de "coraçõezinhos" clicados no aplicativo? Então, veja a lista oficial divulgada pelo aplicativo no ano passado e se surpreenda com a capacidade desses artistas em cativar seus fãs na plataforma!

Kylie Jenner 

A "celebri" de apenas 19 anos causa furor na rede social com suas selfies e fotos sensuais. Uma das irmãs Kardashian, Kylie tem quase 5 mil publicações na sua página! E não pense que seus seguidores achem que ela "overpost", já que a maior parte das fotos possui mais de um milhão de curtidas. 

Um milhão de likes? Mole-mole para a americana. 

Uma das irmãs Kardashian, Kylie é uma das estrelas do Instagram mundial
Reprodução/Instagram King Kylie
Uma das irmãs Kardashian, Kylie é uma das estrelas do Instagram mundial

Beyoncé 

A cantora americana não é somente superquerida na "vida real" e enquanto arrasa nos palcos pelo mundo. Nas redes sociais, ela também é adorada por seus milhões de fãs. Somente no Instagram, Beyoncé possui pouco mais de 82 milhões de seguidores (vale destaque aqui que ela não segue NENHUMA pessoa! Algo incomum mesmo entre as celebridades).

via GIPHY

Em seu perfil do Insta, a diva do pop coloca muitas imagens com sua família - e, claro, recebe milhões de curtidas em cada uma delas. 

A cantora pop americana Beyoncé tem nada menos que 82,5 milhões seguidores
Reprodução/Instagram Beyonce
A cantora pop americana Beyoncé tem nada menos que 82,5 milhões seguidores

Bruna Marquezine 

A atriz brasileira Bruna Marquezine também se destaca pela quantidade de curtidas que recebe na plataforma. A estrela tem nada menos que 15,7 milhões de seguidores que podem apreciar suas quase 2 mil publicações.

Bruna compartilha fotos de viagens, looks e, também, de eventos dos quais participa. Bastidores de ensaios fotográficos também estão presentes no Insta da atriz. Não é fraca! 

A atriz brasileira tem milhares de seguidores
Reprodução/Instagram Bruna Marquezine
A atriz brasileira tem milhares de seguidores

Gisele Bündchen 

Não tem como falar em sucesso sem citar a übermodel brasileira Gisele, né? Independentemente do assunto, a diva das passarelas é sempre exemplo de boa imagem e bons números. E não poderia ser diferente em se tratando de redes sociais, claro. No Instagram, @gisele possui cerca de 10 milhões de seguidores que acompanham a rotina da musa inspiradora. 

Sempre legendados em inglês e português, as fotos e os vídeos de Gisele Bündchen  variam entre bastidores de eventos, fotos do cotidiano da família, selfies deslumbrantes, imagens de trabalhos antigos, homenagens aos familiares e paisagens maravilhosas. Na biografia do Insta, a modelo escreve "Sharing LOVE ❤️Compartilhando AMOR". 

Além de arrasar com fotos suas, Gisele compartilha imagens de paisagens inspiradoras
Reprodução/Instagram Gisele
Além de arrasar com fotos suas, Gisele compartilha imagens de paisagens inspiradoras

Com quase 700 publicações no perfil até meados de 2016, Gisele - como esperado-, recebeu a admiração de centenas de milhares de pessoas em cada uma delas.

Um dos destaques mais recentes de seu Instagram está um vídeo da modelo durante sua participação especial na abertura dos jogos olímpicos no Brasil.  Número de visualizações? Nada menos que 4,6 milhões! 

Kim Kardashian 

via GIPHY

Provavelmente, (podemos dizer algo como "se você está no Planeta Terra") já se deparou com alguma foto de uma das irmãs Kardashian pela internet. Já citamos duas delas acima, Kylie e Kendall, certo?.. Mas, não tem como falar sobre Instagram sem citar a mais polêmica entre elas: Kim Kardashian.

A celebri americana de 35 anos é famosa por suas selfies - totalmente provocativas e sensuais - que geram a "loucura" dos 80,1 milhões de seguidores. Kim adora revelar suas curvas nas imagens - seja em foto ou vídeo. O famoso bumbum avantajado, por exemplo, está sempre presente em vídeos.

Amada ou odiada, ela é, com certeza, uma das grandes "influenciadoras" da internet atualmente. 

Uma das celebridades mais adoradas no Instagram, Kim Kardashian é famosa pelas fotos sensuais
Reprodução/Instagram kim kardashian
Uma das celebridades mais adoradas no Instagram, Kim Kardashian é famosa pelas fotos sensuais

Todas as Notícias sobre Instagram