Game of Thrones: a série épica da HBO que virou febre mundial

Grande sucesso da televisão, "Game of Thrones"ganhou fãs ao redor do mundo ao levar intrigas palacianas e dragões para a sala de estar

“Game of Thrones” é uma série de TV norte-americana produzida por David Benioff e D. B. Weiss  e exibida pelo canal pago HBO em todo o mundo. Baseada nos livros escritos por George R.R. Martin , “As Crônicas de Gelo e Fogo”, está no ar desde 2011 e conta com 60 episódios até o momento - seis temporadas de dez episódios cada uma. Segundo a emissora, a série só deverá contar com mais duas temporadas, chegando ao fim na oitava.

O programa foi um grande sucesso desde sua pré-produção e, em seu primeiro ano no ar, já recebeu indicações a prêmios essenciais da televisão nos Estados Unidos, como o Emmy e o Globo de Ouro. A primeira vitória da série, no entanto, foi com Peter Dinklage , responsável por interpretar um dos personagens mais essenciais e queridos de "Game of Thrones" , ao receber os dois prêmios em 2011 na categoria de melhor ator coadjuvante.

Envolvendo drama e fantasia em um cenário medieval, a série se passa nos Sete Reinos de Westeros, liderados, inicialmente, por Robert Baratheon. A série começa com uma viagem do Rei a Winterfell para pedir que seu amigo, e companheiro de batalha no passado, Ned Stark seja a mão do rei, um cargo reservado a alguém de confiança que irá cuidar das principais tarefas de responsabilidade do trono.

Ned e Robert lutaram juntos na Revolta de Robert, também conhecida como Guerra do Usurpador, que depôs o Rei Louco, Aerys Targaryen, do poder. Ambos perderam Lyanna Stark durante uma batalha, irmã de Ned e prometida em casamento a Robert, ao ser sequestrada por Rhaegar Targaryen.

Game of Thrones
Reprodução
Game of Thrones

Quando o Rei Robert morre em uma caçada sob condições suspeitas, Ned Stark descobre que, na verdade, os filhos da rainha Cersei Lannister foram concebidos com o seu irmão gêmeo Jaime, não sendo herdeiros legítimos do trono de ferro. Assim se inicia a disputa complexa pelo poder, envolvendo diversos núcleos da série que vão se dissolvendo e se construindo ao longo do enredo. O que torna ainda mais importante compreender a geografia da série e a trajetória das Casas mais tradicionais de Westeros para entender como elas se conectam.

O que nós não vimos

Antes dos eventos que acompanhamos em "Game of Thrones", é importante relembrar que tudo começou com a fúria de Aerys II, conhecido como Rei Louco, o último Targaryen a ocupar o trono de ferro após quase 300 anos de reinado de sua Casa.

Nem sempre Aerys foi conhecido como o Rei Louco. Quando era jovem, no começo de seu reinado, os Sete Reinos tiveram paz. Até que veio o Desafio de Valdocaso, onde o Lorde de Valdocaso se recusou a continuar pagando impostos e exigiu direitos especiais para seus cidadãos. Aerys, então, se dirigiu com um exército até a porta de seu castelo na intenção de executar o Lorde, mas seus planos saíram ao avesso e ele acabou sendo feito de refém. À época, Tywin Lannister era a mão do rei e foi até Valdocaso atrás do rei, que foi resgatado por Sor Barristan. Desde então, o Rei nunca mais foi o mesmo.

Desenvolveu uma fixação por fogo que se juntou perfeitamente com a sua loucura, fazendo com que desenvolvesse métodos sádicos de tortura. Mandou criar o fogovivo, uma chama verde que não pode ser apagada e continua queimando por um longo tempo, até se extinguir por conta própria.

Quando Rhaegar, filho de Aerys, desapareceu com Lyanna Stark sob suspeitas de tê-la sequestrado após ter nomeado a jovem à Rainha do Amor e da Beleza em um torneio, seu irmão Brandon compareceu com um grupo à Porto Real na tentativa de resgatar a irmã, mas encontrou apenas Aerys, que exigiu a presença de Rickard Stark, pai de Brandon e Lyanna, e assassinou sob tortura todos que compareceram ao castelo. Depois, exigiu que Jon Arryn entregasse a cabeça de Ned Stark e Robert Baratheon sob suspeita de conspirarem para assassinar o herdeiro real, Rhaegar.

Assim se deu início A Guerra do Usurpador, ou Revolta de Robert, que uniu as Casas Stark, Baratheon, Arryn e Tully contra o Trono de Ferro. O plano de Aerys era reunir uma grande reserva de fogovivo para incendiar toda a cidade de Porto Real, no entanto, ele foi traído pelos Lannister antes que pudesse o executar. Teve a cidade saqueada a comando de Tywin e foi assassinado por Jamie Lannister, que ficou conhecido como Regicida. Então, Robert Baratheon assumiu o trono, cansando-se com Cersei Lannister, irmã de Jamie. Jon Arryn foi nomeado Mão do Rei e se manteve por 14 anos. Os eventos que conhecemos a partir de "Game of Thrones" se sucedem após a sua morte.

O mapa oficial de Westeros e Essos, os dois continentes onde se passam as histórias de
Divulgação
O mapa oficial de Westeros e Essos, os dois continentes onde se passam as histórias de "Game of Thrones"

Westeros

É o continente onde se passa toda a história da série. A fronteira com as terras ao Norte, onde vivem os selvagens, é demarcada pela Muralha, a qual o autor chegou a afirmar que possui aproximadamente 400km de extensão. Antes da Guerra da Conquista, o reino era separado em diversos reinos independentes, cada um regido por um governante, mas todas as terras ao sul da Muralha foram posteriormente unificadas sob o comando da monarquia regida pela Casa Targaryen - com a exceção de Dorne, fronteira do sul, que foi conquistada após o fim da guerra. Sendo assim, as terras governadas pelo Rei que ocupa o Trono de Ferro são conhecidas como os Sete Reinos: o Norte, o Vale de Arryn, as Ilhas de Ferro, as Terras Ocidentais, a Campina, a península de Dorne e as Terras da Tempestade.

Porto Real

A capital de Westeros e a maior cidade dos Sete Reinos. Se localiza na costa do litoral leste do continente, banhada pela Baía da Água Negra, contendo o principal porto de Westeros. Seu castelo se chama Fortaleza Vermelha e é cercado por muralhas guardadas pela Patrulha da Cidade de Porto Real, os guardas oficiais da Coroa. Dentro das muralhas reside a família real, seus hóspedes e os que servem a família, como o Septo Real, os Meistres (curandeiros), o Conselho, etc.

Porto Real é uma cidade absurdamente populosa, porém pobre. A população que vive ao redor das muralhas da Fortaleza Vermelha constroi casebres e barracos, ou muitas vezes vive nas ruas. Portanto, apesar de ser a maior cidade dos sete reinos, é uma cidade suja e mal cuidada que fede a lixo a quilômetros de distância. A cidade foi fundada por Aegon, O Conquistador cerca de 300 anos atrás, e foi expandida pelos Targaryen após a Guerra da Conquista.

Norte

É o maior dos sete reinos em questão de tamanho, mas pouco povoado, sendo vasto em florestas, montanhas e colinas. A Casa Stark é a principal casa do Norte e residem em Winterfell, um castelo localizado no meio do Norte. A Patrulha da Noite, responsável por guardar a Muralha que separa o Norte das terras mais ao norte ainda, onde vivem os selvagens, também faz parte do território. Uma das características mais marcantes da região é o frio cortante e a sua principal frase de efeito, "o inverno está chegando".

Vale de Arryn

Antigamente conhecida como Reino da Montanha e Vale e hoje apenas como Vale, a região é regida pela Casa Arryn, residente em um castelo no topo da montanha, conhecido como Ninho da Águia, extremamente isolado dos outros reinos. Por conta da altitude, os invernos tendem a ser duros, o que faz com que viagens sejam impossíveis nesse período. Além do clima, os povos selvagens que não acatam as leis dos Arryn e vivem nos arredores das terras também dificultam qualquer passagem e atacam viajantes para saquea-los.

Ilhas de Ferro

São oito ilhas localizadas na Baía dos Homens de Ferro, no Mar do Poente, que fica na costa oeste de Westeros. É a menor região dos Sete Reinos e a menos povoada também.  Os nascidos nas ilhas são chamados de Homens de Ferro em toda Westeros, e Nascidos do Ferro entre eles mesmos, e são controlados pela Casa Greyjoy de Pyke, a ilha mais importante. Toda a região é formada por rochedos e pedras, cercadas por mares turbulentos e pouco seguros para a navegação ou a instalação de portos.

Terras Ocidentais

Antes da Guerra da Conquista, eram conhecidas como Reino do Rochedo por ser uma região constituída em boa parte por colinas e montanhas. É a terra onde se localiza Rochedo Casterly, a fortaleza onde se assenta a Casa Lannister, que governa as terras. Também é a sede de uma das maiores cidades dos Sete Reinos, onde se localiza uma dos maiores portos: Lannisporto, a maior cidade das Terras Ocidentais. 

Terras da Tempestade

As terras recebem esse nome por sofrerem com fortes e frequentes tempestades que atingem a costa. Governada pela Casa Baratheon de Ponta Tempestade, é uma das menores regiões dos Sete Reinos. Tarth é uma parte relativamente conhecida das Terras da Tempestade por ser uma ilha cercada por águas azuis cristalinas, fazendo com que receba o apelido de "Ilha Safira". Faz fronteira com as duas próximas terras: a oeste com as terras da Campina e ao sul com o Mar de Dorne.

Campina

Era conhecida como Reino da Campina nas épocas em que foi uma terra soberana. Atualmente regida pelo Trono de Ferro, é controlada pela Casa Tyrell de Jardim de Cima e é considerada a terra mais fértil e populosa de Westeros, além de ser a segunda maior região dos Sete Reinos, perdendo apenas para o Norte. O lugar onde a cavalaria e as regras de torneios são levadas mais a sério é na Campina, conhecida como a terra do cavalheirismo devido à classe da população. Vilavelha é a cidade mais importante da região e também é a cidade mais antiga de Westeros.

Dorne

A grande península de Dorne foi a última terra a ser conquistada para os Sete Reinos, o que aconteceu apenas por meio de alianças formadas através de casórios entre a família real e os dorneses, 150 anos após a Guerra da Conquista. A região é governada pela Casa Martell e seu castelo se localiza em Lançassolar, cidade que é capital da região. Dorne também é a região mais quente de Westeros e em algumas regiões a água é tão valiosa quanto ouro. Em Dorne também se localiza o único deserto do continente. O povo da região tem a fama de ser guiado por instintos, ou seja, um tanto violento, assim como sexualmente libertários. O que em muitas regiões dos Sete Reinos é tido como criminoso, como a homossexualidade, por exemplo, em Dorne é considerado algo natural.

Para Lá da Muralha

É a nomeação popular utilizada para se referir às terras que ficam mais ao norte do que o próprio Norte, já que são localizadas além da Muralha defendida pela Patrulha da Noite, a fronteira mais importante de Westeros. É uma terra extremamente vasta e selvagem. Não possui estradas nem grandes construções, nem ao menos é mapeada, além de ser a região mais gelada do continente.

O frio que faz nessas regiões é tão ríspido que torna as terras praticamente inóspidas, então é surpreendente que existam povos que conseguem habita-las. Os que residem para lá da Muralha chamam a si mesmos de Povo Livre, mas são conhecidos em todos os sete reinos como "selvagens". Além deles, os rumores são de que Os Outros também habitam essas terras: criaturas de gelo praticamente imortais - porque já são mortos que renasceram - e uma das maiores ameaças anunciada pelo inverno no Norte.

Essos

O continente vizinho de Westeros é ainda maior, porém com uma configuração de poder completamente diferente do primeiro. Comumente referido como "além do Mar Estreito", possui uma geografia vasta com povos variados, cada um governado de uma forma distinta. As regiões mais conhecidas de Essos em "Game of Thrones" são as Cidades Livres e o Mar Dothraki, mas existem outras terras do continente que também fazem parte da narrativa em algum momento, sendo elas A Baía dos Escravos, A Península Valiriana e Qarth.

Península Valiriana

Em um tempo muito longínquo, Essos era regido pelo Império Valiriano, uma civilização muito rica e organizada militar e culturalmente e que governava todo o mundo conhecido. Valíria, cidade localizada no coração da Península Valiriana, era a mais tradicional e respeitada, sendo regida pelos senhores de dragões. As características comuns da população de Valíria eram cabelos prateados e olhos roxos. A Casa Targaryen, como bem se encaixa nas descrições, era residente de Valíria, mas não era uma casa respeitada como veio a se tornar posteriormente. Hoje em dia, a cidade vive em ruínas.

Cidades Livres

São compostas por nove cidades independentes de origem valiriana, com a exceção de Bravos, que é uma colônia formada por ex-escravos fugitivos. Todas as cidades se localizam em ilhas ou ao longo da costa de Essos, o que faz com que algumas sejam pontos importantes de comércio. Nesse quesito, a mais importante é Pentos, importante porto comercial governado por magisteres através de um príncipe. Já Bravos é conhecida por seus aventureiros e pelos Homens Sem Rosto, um culto religioso de assassinos que veneram o Deus de Muitas Faces, que é um Deus da morte. As outras Cidades Livres são Lys, Qohor, Norvos, Myr, Tyrosh, Volantis e Lorath.

Mar Dothraki

Na verdade, a região não possui mar, mas sim uma vasta planície de grama a qual o nome se refere. Os Dothraki temem o mar por não poder ser atravessado à cavalo, que é o transporte utilizado por eles. Eles são guerreiros nômades de Essos que vivem de saques à cidades vizinhas, e Vaes Dothraki, localizada no Mar Dothraki, é sua única cidade fixa e a única cidade habitada no local.

Baía dos Escravos

Composta por três cidades principais (Astapor, Meereen e Yunkai), a região recebe este nome por ser a sede oficial para a compra e venda de escravos em Essos. É um dos locais povoados mais antigos do continente, existindo desde a época do Império Ghiscari, que antecedeu o poder de Valíria.

Qarth

É a cidade mais rica e bem estruturada de Essos, sendo portadora de uma arquitetura invejável e fantástica. Por ser uma cidade portuária localizada no sul do continente, serve como um ponto de mediação para as relações comerciais entre o norte e o sul. A sede do governo de Qarth se chama "Salão dos Mil Tronos" e, como o próprio nome sugere, é composta de mil tronos esculpidos em madeira e ornamentados com várias pedras caras e, em alguns casos, raras. A cidade é lar de magos e príncipes e é governada pelos Puronatos, que são descendentes dos antigos reis e rainhas de Qarth.

Casa Targaryen

O brasão da Casa Targaryen é um dragão vermelho de três cabeças
Divulgação/HBO
O brasão da Casa Targaryen é um dragão vermelho de três cabeças

A Casa Targaryen comandou Westeros durante quase 300 anos, até a chegada de Aerys, conhecido como o Rei Louco, que resultou na queda da dinastia.

Dessa forma, os únicos Targaryen vivos que restaram foram Daenerys e seu irmão Viserys, que se refugiaram nas Cidades Livres, em Essos, em busca de apoio para conseguir retornar para Westeros e tomar o trono de ferro que acreditam que deve ser da Casa por direito de sangue.

Casa Stark

O brasão da Casa Stark é um lobo cinzento
Reprodução
O brasão da Casa Stark é um lobo cinzento

Uma das casas mais antigas de Westeros, é a principal casa nobre do Norte, residente em Winterfell . Herdeiros dos Primeiros Homens, tem crenças religiosas tradicionais e acreditam nos sete deuses antigos - inclusive, os fãs desenvolveram uma teoria  de que os Stark representam esses sete deuses. A série começa com Ned e Catelyn, pais de Robb, Sansa, Arya, Bran e Rickon. Além dos Stark legítimos, temos Jon Snow, o filho bastardo de Ned Stark.

Ao retornar da guerra que depôs Aerys Targaryen do trono e resultou na morte de sua irmã Lyanna, ele leva o bebê consigo para Winterfell sem revelar quem foi a mãe e o assume como seu bastardo, o que faz com que Jon seja odiado por Catelyn durante toda sua vida: para ela, ele é o símbolo da única traição de Ned. Sendo assim, quando o irmão de Ned, Benjen, faz uma visita a Winterfell e propõe que Jon se junte à Patrulha da Noite, ele abandona o castelo e toda a vida que conhece para servir na Muralha.

Já Robb, o filho mais velho da casa Stark, reinvindica o título de Rei do Norte após a morte de Robert e de seu pai, se juntando à Guerra dos Tronos enquanto sua irmã Sansa está sendo mantida pelos Lannister.

Casa Baratheon

O brasão da Casa Baratheon é um veado de coroa
Reprodução
O brasão da Casa Baratheon é um veado de coroa

Uma das casas mais jovens dos Sete Reinos, residentes em Ponta Tempestade, os Baratheon se mantiveram leais aos Targaryen durante sua dinastia, até o Rei Louco, Aerys, assumir o poder e perder a sanidade. Então, Robert liderou a rebelião e assumiu o poder após Aerys ser morto por Jamie Lannister.

Robert era prometido em casamento a Lyanna Stark, irmã de Ned Stark, mas após sua morte durante a revolta casou-se com Cersei Lannister e nomeou Jamie, irmão gêmeo da esposa, como membro da Guarda Real.

Quando Robert morre ao ser atacado por um javali durante uma caçada, Ned descobre que os três filhos do rei não são, de fato, seus filhos. Sendo assim, os dois irmãos de Robert, Stannis e Renly, entram na disputa pelo trono, um contra o outro. Stannis não era tão querido quanto Renly, que possuía o apoio de Ponta Tempestade, as terras da família, e se casou com Margaery Tyrell para ter o apoio de suas tropas e de sua casa. Mas era com Loras, irmão de Margaery, que Renly realmente mantinha um relacionamento.

Casa Lannister

O brasão da Casa Lannister é um leão dourado em fundo vermelho
Reprodução
O brasão da Casa Lannister é um leão dourado em fundo vermelho

A casa de Rochedo Casterly é a mais rica dentre todas as grandes casas da trama. Os Lannister mais relevantes para o enredo da série são Tywin Lannister e seus filhos, Cersei, Jaime e Tyrion Lannister. Cersei e Jaime são gêmeos e mais velhos, sendo que a mãe dos três morreu durante o parto de Tyrion, um anão, e toda a família o culpa por isso.

Embora não tenha habilidades com espadas, Tyrion (interpretado por Peter Dinklage ) possui outras qualidades: é o Lannister mais inteligente e o mais habilidoso para criar estratégias e planos em jogos de poder, embora todos duvidem de sua capacidade por ser "deformado".

Jaime e Cersei sempre foram anormalmente próximos, e não demora muito para percebermos que não se trata apenas de uma relação fraternal. Juntos desde que podem se lembrar, Cersei acaba casando com Robert e se torna a rainha dos sete reinos, então, para ficar próximo da irmã e amante, Jaime aceita um cargo na Guarda Real para poder firmar seu lugar em Porto Real, abrindo mão de seus títulos, suas terras e a possibilidade de um dia se casar e ter filhos.

Casa Tyrell

Brasão da Casa Tyrell de Jardim de Cima
Reprodução
Brasão da Casa Tyrell de Jardim de Cima

Os Tyrell de Jardim de Cima são a casa que rege a Campina, um dos Sete Reinos. Incrivelmente respeitados, sua riqueza só perde para a dos Lannister, o que os torna a segunda família mais rica de Westeros, mas também a que possui a maior força militar. Sendo assim, os Tyrell estão sempre envolvidos em jogos de poder e são altamente desejáveis como aliados em batalhas ou guerras, o que torna a Casa uma peça essencial na "Guerra dos Tronos".

Loras Tyrell era um membro juramentado da Guarda Real, vivendo em Porto Real ao lado do Rei. Após a morte de Robert, a Casa Tyrell se declara por Renly Baratheon, casando Margaery, única neta mulher da família, com o aspirante a Rei. Sendo assim, Loras foge de Porto Real e se junta a irmã e a Renly, com quem era envolvido romanticamente em segredo. A Casa é regida por Olenna Redwyne, viúva do Lorde Luthor Tyrell.

Patrulha da Noite

Patrulha da Noite
Reprodução
Patrulha da Noite

São os responsáveis pela vigia da Muralha que separa os Sete Reinos de tudo que está à norte dela. Quando foi criada, há cerca de oito mil anos para levar Os Outros de volta ao norte da Muralha, era considerado uma honra servir na Patrulha. Com o passar dos anos, a ordem foi perdendo sua credibilidade e agora é composta de homens que são mandados para servir como punição por seus crimes, ou aqueles que são renegados por suas famílias. Sendo assim, a Patrulha da Noite é composta, em sua maioria, por ladrões, estupradores, assassinos, mercenários, bastardos e rejeitados.

Todos os homens que servem na Muralha vestem preto e são proibidos de possuir terras, casar ou gerar filhos. Aqueles que servem por vontade própria podem desistir durante qualquer momento de seu treinamento. Mas após dizer o juramento da Patrulha, seria considerado um desertor, e a pena para desertores é a morte.

As funções da ordem são divididas entre Patrulheiros, Construtores e Intendentes, e todas as três categorias respondem diretamente ao Senhor Comandante, que é a maior autoridade da Patrulha da Noite. O Senhor Comandante serve até o dia de sua morte, quando um novo Senhor Comandante deve ser eleito entre os homens da Patrulha - geralmente um dos Patrulheiros.

Atualmente, o Senhor Comandante da Patrulha da Noite é Jon Snow, que foi eleito entre os irmãos de vigília após a morte de Mormont, conhecido como Velho Urso, que foi morto pelos seus próprios homens em um motim organizado ao norte da Muralha.

1ª temporada

"Game of Thrones" começou a ser exibida em 17 de abril de 2011 na HBO e sua 1ª temporada tem base no primeiro livro da série "Crônicas de Gelo e Fogo", escrita por George R. R. Martin. Tudo começa quando o Rei Robert Baratheon viaja até Winterfell com a família real para oferecer à Ned Stark o título de Mão do Rei, um cargo ocupado por alguém que estará ao lado do rei todo o tempo para lidar com assuntos oficiais. No entanto, Catelyn, sua esposa, recebe uma mensagem de sua irmã, do Vale de Arryn, que a deixa com suspeitas de que alguém da família real estaria envolvido em um assassinato que faria parte de uma conspiração para tomar o poder.

Mesmo com essa ameaça e após seu filho Bran sofrer um "acidente" por ter presenciado algo que não deveria, Ned resolve aceitar o cargo. Enquanto isso, Daenerys Targaryen é entregue em casamento ao líder dos Dothraki, Khal Drogo, por seu irmão Viserys na intenção de que o exército dos selvagens iria ajuda-lo a voltar para os Sete Reinos e recuperar o Trono de Ferro. Quanto a Jon Snow, o bastardo resolve deixar Winterfell para vestir o preto e se junta à Patrulha da Noite com seu tio Benjen Stark.

Ao viajar para Porto Real e assumir suas funções de Mão do Rei, Ned leva consigo as duas filhas, Sansa e Arya, deixando o Norte aos cuidados de Catelyn, que ficou com os filhos Rob, Rickon e Bran, que necessita de cuidados após a queda de uma das torres mais altas do castelo de Winterfell, ficando aleijado. Sansa é prometida em casamento à Joffrey Baratheon, filho do rei, e Arya inicia treinos de esgrima para manusear a espada que ganhou de seu irmão Jon antes de deixar o Norte.

Quando Robert morre em circunstâncias mal explicadas ao deixar Porto Real para ir caçar, Ned descobre o segredo de Cersei: os filhos de Robert são, na verdade, filhos da rainha com o irmão gêmeo Jamie Lannister. Ao confrontar Cersei e tentar tirar Joffrey do trono afirmando que ele é um bastardo, Ned é aprisionado como traidor e suas filhas são mantidas no castelo como trunfo contra os Stark. Nos últimos episódios do ano, Ned é executado em praça pública e Arya consegue escapar após uma batalha em Porto Real.

Tyrion Lannister é sequestrado por Catelyn Stark e levado ao Ninho da Águia, no Vale de Arryn, onde é acusado por Lysa de ter conspirado para assassinar seu marido, Jon Arryn. Tyrion exige um julgamento por combate, onde consegue ser libertado e viaja com o mercenário e seu novo servo, Sor Bron.

Enquanto isso, Daenerys assume seu papel como Khaleesi na tribo dos Dothraki e Khal Drogo assassina Viserys por tê-lo confrontado quanto ao exército. Depois que Drogo cai doente, Daenerys renasce do fogo com três dragões filhotes que chocaram os ovos que ela ganhou como presente de casamento. Ela inicia sua jornada como a Mãe dos Dragões. Assim, ela se junta à Guerra dos Tronos, que já conta com Stannis e Renly Baratheon em lados opostos.

2ª temporada

Joffrey segue no trono de ferro e Tyrion retorna a Porto Real para assumir o cargo de Mão do Rei e tentar atenuar a crueldade do rei e fazendo acordos para manter a segurança da cidade e da família real - um dos acordos envolvendo a partida de Myrcella para Dorne. Enquanto Robb segue sua guerra contra os Lannister em busca de vingança e se declara Rei do Norte, Joffrey pune Sansa por cada batalha que seu irmão vence a caminho do trono.

No segundo ano de
Divulgação
No segundo ano de "Game of Thrones" é quando a guerra real pelo poder se inicia

Stannis Baratheon se une à sacerdotisa vermelha Melisandre, serva de um deus conhecido como Senhor da Luz, em suas intenções de conquistar o trono de ferro por cima de seu irmão mais novo. Quando Catelyn Stark viaja para o acampamento de Renly para propor uma aliança com o Norte, ela acaba presenciando o assassinato do jovem Baratheon e precisa fugir ao lado de Brienne of Tarth, que era a mais fiel membro da Guarda Real de Renly.

Após arquitetar a morte do irmão, Stannis consegue o apoio das tropas que anteriormente seguiam Renly. Assim, ao lado de Davos Seaworth e Melisandre, recruta um pirata que o ajudará a arquitetar uma invasão naval à Porto Real. Tyrion arquiteta um plano para defender a cidade usando fogovivo. No entanto, quando chega o momento da batalha, Tyrion sofre uma tentativa de assassinato por alguém que traiu sua confiança. 

Theon Greyjoy retornou às Ilhas de Ferro pela primeira vez após ser criado pelos Stark na intenção de conquistar o apoio de sua Casa para a causa de Robb. No entanto seu pai o convence a cercar Winterfell e tomar o castelo dos Stark para si, traindo Robb.

Na Patrulha da Noite, os homens são enviados para uma missão de busca Além da Muralha para investigar o que aconteceu com os patrulheiros que foram enviados antes e desapareceram sem deixar rastros. 

Em Essos, Daenerys viaja pelo deserto com seus dragões e os Dothraki em busca de algum apoio ou abrigo que lhes ofereça comida e água. Ao chegar em Qarth, é convidada a entrar na sede dos magos da cidade, a Casa dos Imortais e consegue abrigo para ela e o khalasar. Enquanto isso, Arya Stark viaja como um garoto no meio dos homens que estão sendo despachados para o serviço da Patrulha da Noite na intenção de descobrir um modo de ir para Essos e encontrar Jaqen H'ghar, um Homem de Muitas Faces.

3ª temporada

Para lá da muralha, Samwell Tarly enfrenta um White Walker e o mata com vidro de dragão enquanto Jon Snow é levado para conhecer Mance Rayder, o líder dos selvagens que habitam o Norte, e o convence de que está disposto a trair a Patrulha da Noite e ficar do lado deles.

Tyrion suspeita que sua irmã está por trás da tentativa de assassinato que sofreu, e segue tenso enquanto esconde Shae, a prostituta que levou para Porto Real às escondidas, como serviçal de Sansa Stark. Os Tyrell chegam na cidade e Olenna chama Sansa para almoçar com a intenção de descobrir o que sua neta Margaery estará sujeita ao ser a nova noiva de Joffrey. De cara, a jovem e ex-esposa de Renly já conquista a antipatia de Cersei, que não quer ninguém a tirando do posto de rainha regente.

Daenerys parte de Qarth para a Baía dos Escravos, onde conhece o Exército dos Imaculados, homens que são treinados desde o nascimento para sere os guerreiros mais fortes e destemidos. Nas negociações para a compra dos escravos, a Khaleesi dá um golpe no dono dos Imaculados e, assim, segue seu caminho para se tornar a Quebradora de Correntes, libertando os escravos de Essos.

Bran Stark segue em fuga com os Reed após Winterfell ter sido tomada, e desenvolve seus "sonhos verdes", ao que Jojen Reed explica que ele é um warg: alguém que pode se transportar para outro corpo - geralmente o do próprio animal. Assim, Bran começa a ser observado para que ele não passe a viver mais tempo no corpo de Verão (o seu lado) do que no seu próprio, e inicia-se o seu treinamento. Eventualmente, Bran e Rickon separam-se para seguir suas próprias viagens para a segurança dos dois.

Robb descobre que Theon tomou Winterfell e também que, em tese, seus irmãos mais novos Bran e Rickon estão mortos. Com a traição do amigo, pede a ajuda dos Bolton, segunda família mais importante do Norte e juramentada aos Stark, para retomar Winterfell. No entanto, quando Ramsey, o bastardo de Roose Bolton, vai à Winterfell, ele toma o castelo para si e sequestra Theon Greyjoy, mantendo-o em tortura.

Robb se casa com Talisa Maegyr, uma das curandeiras a serviço dos Stark, e quebra a aliança que havia formado com a Casa Frey para conseguir suas tropas. Ao comparecer ao castelo dos Frey para o casamento do tio Edmure Tully, ele descobre que foi traído pelos Bolton em uma conspiração para a vingança dos Frey e, então, temos uma das cenas mais chocantes de "Game of Thrones": o Casamento Vermelho. Nesse momento, o Cão de Caça, que está viajando com Arya desde Harrenhal na esperança de conseguir uma recompensa dos Stark, chega ao castelo para tentar devolvê-la a sua família, mas já é tarde demais.

Curiosidades

Os locais usados para a gravação da série vão de estúdios bem produzidos a castelos e locais históricos espalhados por diversas localidades da Europa, como Croácia, Dinamarca, Irlanda e Malta. Até mesmo as cenas que se passam ao norte da muralha são gravadas em locais reais! A título de curiosidade, quem deseja passear pelas ruas de Porto Real basta se dirigir para a cidade de Dubrovnik, localizada no litoral da Croácia, ou Belfast, capital da Irlanda do Norte. As duas cidades são usadas para filmar as cenas que se passam na capital de Westeros. Para quem gosta da parte mais selvagem da série, o norte da muralha também pode ser explorado fora do mundo fictício da série. Basta visitar a Islândia.

Todas as notícias sobre Game of Thrones